Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221

MST chama Puccinelli de “terrorista” e diz temer nova expulsão

13 dezembro 2003 - 14h53

O assentado Jair Rodrigues, um dos coordenadores do MST (Movimento Sem Terra) em Mato Grosso do Sul, disse há pouco, que as 25 famílias expulsas no último dia 11 da região do Macroanel, entre as saídas de São Paulo e Sidrolândia, temem que o prefeito André Puccinelli torne a fazer “ato terrorista” expulsando todos do local.“Temer outro ato terrorista desse prefeito nós tememos, porque ele não entende o que é ser humano. Só que tudo o que nós tínhamos ele destruiu, não temos mais pra onde ir. Se expulsar a gente daqui, voltaremos de novo”, declarou. “Se ele tirar a gente daqui é sinal de que ele deve ter um lugar melhor pra nós. A não ser que ele mate todo mundo”, protestou o coordenador do movimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Seguradora de viagens pagará R$15.000,00 por assistência indevida
POLÍCIA
PF prende ‘Galã’, do PCC acusado de envolvimento na morte de Rafaat
IMPASSE
Petrobras se nega a abastecer navios iranianos por temer sanções
Idoso de 81 anos incendeia casa após usar fogo para espantar insetos
EDUCAÇÃO
Canditados na lista de espera do ProUni devem comprovar informações
DOURADOS
Prefeitura ameaça romper contrato com empreiteira responsável por reforma do PAM
EDUCAÇÃO
Prorrogado prazo de inscrição para a reunião da SBPC na UFMS
LEGISLATIVO
Renato Câmara fecha semestre com 6 novos projetos de lei e mais de 275 proposições
INTERNACIONAL
Junho teve a maior temperatura já registrada para o mês no planeta
ECONOMIA
Dólar termina a semana em alta, de olho em projeções sobre juros nos EUA

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso