Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9860-3221

MST chama Puccinelli de “terrorista” e diz temer nova expulsão

13 dezembro 2003 - 14h53

O assentado Jair Rodrigues, um dos coordenadores do MST (Movimento Sem Terra) em Mato Grosso do Sul, disse há pouco, que as 25 famílias expulsas no último dia 11 da região do Macroanel, entre as saídas de São Paulo e Sidrolândia, temem que o prefeito André Puccinelli torne a fazer “ato terrorista” expulsando todos do local.“Temer outro ato terrorista desse prefeito nós tememos, porque ele não entende o que é ser humano. Só que tudo o que nós tínhamos ele destruiu, não temos mais pra onde ir. Se expulsar a gente daqui, voltaremos de novo”, declarou. “Se ele tirar a gente daqui é sinal de que ele deve ter um lugar melhor pra nós. A não ser que ele mate todo mundo”, protestou o coordenador do movimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Homem que morreu ao cair com carro em córrego tinha 24 anos
SUPREMO
STF decide se MP pode obter dados da Receita sem autorização judicial
DOURADOS
Danos em transformador deixa Detran sem energia há quase 24h
DOURADOS
Mulher tem carro roubado ao estacionar na Rodoviária
CAPITAL
1º Seminário Estadual da Água nesta sexta-feira na Assembleia
CORRUPÇÃO
Policial preso na 3ª fase da Pregão é afastado de suas funções pelo governo
DOURADOS
Universitária morre no HV quatro dias após acidente de moto
SHOWS ESPECIAIS
Turnê de Sandy e Junior é para reviver e nunca mais esquecer, diz diretor
POLÍCIA
PF é acusada de transferir testemunha da Bolívia para MS ilegalmente
SORTE
Aposta única acerta as seis dezenas e fatura R$ 32 milhões na Mega-Sena

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED
PONTA PORÃ
Chuva forte causa transtornos e casal cai de moto em meio a enxurrada; veja vídeo
DOURADOS
Defesa Civil mantém alerta com “chuvarada” que deve continuar na região