Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

MST chama Puccinelli de “terrorista” e diz temer nova expulsão

13 dezembro 2003 - 14h53

O assentado Jair Rodrigues, um dos coordenadores do MST (Movimento Sem Terra) em Mato Grosso do Sul, disse há pouco, que as 25 famílias expulsas no último dia 11 da região do Macroanel, entre as saídas de São Paulo e Sidrolândia, temem que o prefeito André Puccinelli torne a fazer “ato terrorista” expulsando todos do local.“Temer outro ato terrorista desse prefeito nós tememos, porque ele não entende o que é ser humano. Só que tudo o que nós tínhamos ele destruiu, não temos mais pra onde ir. Se expulsar a gente daqui, voltaremos de novo”, declarou. “Se ele tirar a gente daqui é sinal de que ele deve ter um lugar melhor pra nós. A não ser que ele mate todo mundo”, protestou o coordenador do movimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PALESTRA
Na Capital, médico René Mendes vai detalhar Saúde e Segurança do Trabalhador
FUTEBOL
Japão vence Colômbia na abertura do Grupo H da Copa
BATAYPORÃ
Casal é preso por tráfico de drogas próximo a escola
MANIFESTAÇÃO
Servidores da educação manifestam por reajuste
TRAGÉDIA
Vítimas fatais de acidente na BR-262 são identificadas
EDUCAÇÃO
Sesi firma parceria com empresa canadense para projetos inovadores em educação e SST
ASSEMBLEIA
Parlamentares analisam três projetos nesta terça-feira
DE MOTO
Homem perde o controle da direção, cai e acaba morrendo
Acidente foi no Cruzamento das Ruas Jacutinga com a Serra das Araras, em Campo Grande
DOURADOS
Homem ameaça “furar” mulher com faca para roubar celular
LAVA JATO
STF julga hoje ação penal contra Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Mulher é presa em posto de saúde com moto furtada há dois anos