Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

MST ameaça com invasões e protestos a partir de janeiro

05 dezembro 2003 - 13h58

O MST (Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) em Mato Grosso do Sul irá retomar marchas, passeatas e ocupações a partir de janeiro em protesto à falta de verbas para projetos de assentamentos. A entidade segue no Estado a determinação nacional do Movimento, já que a falta de investimentos é generalizada. Em reunião nesta quarta-feira com o superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no estado, os líderes do MST tiveram a confirmação da falta de verbas.Um dos presentes à reunião, Márcio Bissoli, disse que não há assentamento de famílias ligadas ao MST no Estado há três anos. Ele lembra que neste ano foram assentadas somente 40 famílias pelo Incra, de um processo que já vinha de anos passados. A pressão é para tentar forçar o governo a cumprir as metas apontadas. Em 2003 seriam 60 mil famílias, mas o governo não deverá chegar a 15 mil atendidas, comenta Bissoli. A preocupação é que em 2004, ano eleitoral, de novo ocorram problemas para cumprimento de metas. A situação estrutural do Incra também é criticada pelo MST. A burocracia e erros atrapalham a reforma agrária, justificou o líder. Segundo ele, deve ocorrer substituição na procuradoria jurídica do órgão, o que é visto como positivo.Em Mato Grosso do Sul há mais de 15 mil famílias assentadas em 109 áreas. O superintendente anunciou a meta de assentar 22 mil famílias em quatro anos, quantia superior às acampadas, que são cerca de 17 mil famílias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO DE DROGAS
Cocaína apreendida em Ponta Porã seria levada para Brasília
BRASIL
Vale considerava 7 barragens mais críticas que a de Brumadinho
DOURADOS
Após quatro dias, homem procura polícia para registrar roubo de bicicleta
INVESTIGAÇÃO
Populares encontram corpo com sinais de espancamento na Capital
REGIÃO
DOF intercepta comboio com produtos contrabandeados
PARQUÍMETRO
Lei isenta grávidas de pagar estacionamento rotativo em Dourados
MS
Homem é acusado de colocar sedativo no leite para abusar de enteada
PROJETOS
Agepen anuncia R$ 2 milhões para ressocialização de presos em Dourados e na capital
DOURADOS
Designação para escolas e Ceim’s acontece neste sábado
TRAGÉDIA
Demanda por atendimento em saúde mental em Brumadinho cresce 400%

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta