Menu
Busca terça, 16 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

MST ameaça com invasões e protestos a partir de janeiro

05 dezembro 2003 - 13h58

O MST (Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) em Mato Grosso do Sul irá retomar marchas, passeatas e ocupações a partir de janeiro em protesto à falta de verbas para projetos de assentamentos. A entidade segue no Estado a determinação nacional do Movimento, já que a falta de investimentos é generalizada. Em reunião nesta quarta-feira com o superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no estado, os líderes do MST tiveram a confirmação da falta de verbas.Um dos presentes à reunião, Márcio Bissoli, disse que não há assentamento de famílias ligadas ao MST no Estado há três anos. Ele lembra que neste ano foram assentadas somente 40 famílias pelo Incra, de um processo que já vinha de anos passados. A pressão é para tentar forçar o governo a cumprir as metas apontadas. Em 2003 seriam 60 mil famílias, mas o governo não deverá chegar a 15 mil atendidas, comenta Bissoli. A preocupação é que em 2004, ano eleitoral, de novo ocorram problemas para cumprimento de metas. A situação estrutural do Incra também é criticada pelo MST. A burocracia e erros atrapalham a reforma agrária, justificou o líder. Segundo ele, deve ocorrer substituição na procuradoria jurídica do órgão, o que é visto como positivo.Em Mato Grosso do Sul há mais de 15 mil famílias assentadas em 109 áreas. O superintendente anunciou a meta de assentar 22 mil famílias em quatro anos, quantia superior às acampadas, que são cerca de 17 mil famílias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Marina Moschen celebra aniversário com clique de biquíni em Noronha
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro paranaense é autuado por derrubada de árvores nativas
ELEIÇÕES 2018
TSE convoca campanhas dos presidenciáveis para debater notícias falsas
FRONTEIRA
Dona de bar é presa por prostituir adolescente de 14 anos
EDSON FACHIN
Ministro do STF arquiva inquérito sobre Zeca do PT e Blairo Maggi
PIONEIRO
Morre Paul Allen, cofundador da Microsoft, aos 65 anos
AMAMBAI
Prefeitura decreta situação de emergência por conta dos temporais
RURAL
Agroecologia é tema de feira internacional em Mato Grosso do Sul
Governo volta atrás e mantém início do horário de verão no dia 4
HU
Congresso de Ensino vai reunir estudantes e pesquisadores em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Família busca notícias de mulher que abandonou carro e embarcou na rodoviária
JARDIM MONTE LÍBANO
Policiais douradenses são presos por assalto a família
FATALIDADE
Voluntário morre ao cair de “trenzinho” durante o Dia das Crianças em Dourados
PEDRO JUAN
Foragido, narcotraficante brasileiro é preso durante operação no Paraguai