Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221

MS tem dois finalistas do projeto educacional Desafio Energia + Limpa 2012

30 novembro 2012 - 17h45

Os alunos Igor Palhano de Andrade, de 13 anos – do 8º ano da Escola Estadual Elvira Mathias de Oliverira, de Campo Grande; e Inara Cristaldo Rocha da Silva, de 14 anos – do 9º ano, da Escola Estadual Cel. Juvêncio, de Jardim, são finalistas do concurso “Desafio Energia + Limpa 2012”, a mais nova ação do Projeto Agora.

O projeto educacional é voltado para alunos do 8º e 9ª anos de escolas públicas das redes estaduais de ensino de Mato Grosso do Sul e mais dez estados brasileiros, e tem o objetivo defazer com que os jovens compreendam melhor as questões relacionadas à geração de energia, sobretudo as alternativas renováveis e limpas.

Igor e Inara concorreram com cerca de 2 mil inscritos e a ação durou quatro meses com trabalho em sala de aula, por meio de um kit educacional do Desafio - distribuído em 14 mil escolas participantes de MS, Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal.

Os alunos apresentaram suas conclusões em cartas à presidente Dilma Rousseff, que abordam o tema “Que tipo de energia o Brasil precisa e de onde ela virá?”. O Projeto Agora estima que aproximadamente 900 mil alunos serão conscientizados pelo Desafio, sobre as diferentes fontes energéticas existentes, entre elas o etanol e a bioeletricidade, gerados a partir da cana-de-açúcar.

“Para Mato Grosso do Sul é muito importante essa representatividade, pois somos responsáveis pela geração de cerca de 70 mil empregos diretos e indiretos, e conscientizar desde cedo essa geração sobre a importância do setor no local onde residem é uma ação de grande peso, principalmente para o futuro energético do Estado e do País, pois são eles que irão buscar outras fontes de energia respeitando as necessidades da região onde vivem e tomar as decisões futuras”, afirma o presidente da Associação dos Produtores de Bioenergia de MS – Biosul, Roberto Hollanda Filho.

Os autores das cartas vencedoras de cada Estado ganharão um prêmio, bem como o professor e a escola responsável pelo trabalho. A avaliação foi feita pela comissão julgadora responsável pela escolha dos 29 melhores trabalhos, que se reuniu na quarta-feira (14/11), na sede da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) em São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LIGAÇÕES INCÔMODAS
Entra no ar site para cadastramento na lista de 'não perturbe'
CORUMBÁ
Irmãos vão parar no CTI após explosão de chapa em confraternização
EDUCAÇÃO
Prazo para participar da lista de espera do ProUni termina hoje
BR-267
Carreta bate em 3 veículos durante interdição após acidente com morte
INFORME PUBLICITÁRIO
Para alguns alunos de Dourados, o futuro da Educação já é realidade
TEMPO
Terça-feira nublada, ainda com possibilidade de chuva em Dourados
SHOWBIZZ
Geisy Arruda posa de biquíni e avisa: “De volta à dieta e treinos”
CORUMBÁ
Flagrado pedindo propina, ginecologista foi denunciado por abuso sexual
SAÚDE
No Dia do Homem, endocrinologistas fazem campanha contra anabolizantes
TRÊS LAGOAS
Durante manutenção em terreno, trator gera faíscas e incendeia aeroporto

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos