Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

MS mobiliza forças de segurança para Operação Natalina

13 dezembro 2003 - 15h42

O governo do Estado através da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) está mobilizando 5,2 mil policiais civis e militares, 474 viaturas e 92 motos na Operação Natalina, desenvolvida nos 77 municípios de Mato Grosso do Sul neste fim de ano. O anúncio foi feito esta semana, em entrevista coletiva do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ivan de Almeida e pelo diretor-geral da Polícia Civil, delegado Milton Watanabe. Na Polícia Militar, que iniciou a operação na segunda-feira passada e desenvolverá as ações do plano até 4 de janeiro de 2004, foram suspensas as férias dos oficiais até o encerramento da operação e será reforçado o policiamento ostensivo estático (por policiais a pé) e móvel (por policiais em motos e viaturas) com a participação dos 400 alunos do Curso de Formação de Soldados.Em Campo Grande, a Polícia Militar utilizará na operação 1,5 mil homens, 80 viaturas e 67 motos, sendo que, somente na região central da cidade, na área formada pelas avenidas Mascarenhas de Moraes, Coronel Antonino, Salgado Filho, Eduardo Elias Zahran e Tamandaré, que abrange 12 bairros e uma população de 70 mil pessoas mas que nesta época do ano recebe até 200 mil pessoas, serão envolvidos 75 policiais (67 que já atuam na área e oito do policiamento escolar) e 15 alunos do Curso de Formação, além de sete viaturas (sendo um camburão) e 13 motos. Segundo o comandante do policiamento da área central de Campo Grande, major Carlos Roberto Pereira, no perímetro das ruas 26 de Agosto, Maracaju, Cálogeras e Rui Barbosa, onde em razão dos estabelecimentos comerciais se concentra o maior fluxo de pessoas, será implementado com maior intensidade o policiamento a pé e nos bairros que fazem parte dessa área o policiamento móvel através de motos e viaturas. “Estamos realizando uma ação preventiva com essa Operação Natalina, não somente garantindo segurança a população, mas transmitindo a ela, com a presença ostensiva da policia nas ruas, a sensação de segurança, o que vai inibir a bandidagem, que vendo nossa presença desistirá do crime, porque saberá que se agir, nós vamos prender”, assegurou o secretário de Justiça e Segurança Pública. Já no Interior do Estado, a Policia Militar utilizará no policiamento de fim de ano 2,4 mil homens, 110 viaturas e 25 motos. Em contrapartida, na Polícia Civil, que inicia a Operação Natalina na próxima segunda-feira, com previsão de encerramento também no dia 4 de janeiro de 2004, foram suspensas todas as férias de agentes, escrivães e delegados, previstas neste período, e serão reforçados os plantões das delegacias municipais e em Campo Grande em cinco locais, além de serem executadas operações volantes. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
Cadastro para atuar como Mesário Voluntário está aberto
PISO SALARIAL
Professor de Dourados ganha quase o dobro do nacional, garante prefeitura
LAVA JATO
STF começa julgamento de ação penal contra Gleisi e Paulo Bernardo
IMUNIZAÇÃO
A três dias do fim, campanha de vacinação contra a gripe ainda precisa alcançar 10,8 milhões de pessoas
FUTEBOL
Senegal aproveita bobeiras da Polônia e vence em Moscou
INCLUSÃO
Lei inclui servidores de ex-territórios nos quadros da União
LEGISLATIVO DE MS
Projeto obriga hospitais e maternidades a orientar pais para primeiros socorros
BRASILEIRÃO
Dois jogos abrem rodada da Série B nesta terça
DOURADOS
Bombeiros são acionados para combater incêndio na Linha do Potreirito
EDUCAÇÃO
ProUni oferece 174 mil vagas; inscrições começam dia 26

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito