Menu
Busca quinta, 19 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

MS mobiliza forças de segurança para Operação Natalina

13 dezembro 2003 - 15h42

O governo do Estado através da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) está mobilizando 5,2 mil policiais civis e militares, 474 viaturas e 92 motos na Operação Natalina, desenvolvida nos 77 municípios de Mato Grosso do Sul neste fim de ano. O anúncio foi feito esta semana, em entrevista coletiva do secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho, pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ivan de Almeida e pelo diretor-geral da Polícia Civil, delegado Milton Watanabe. Na Polícia Militar, que iniciou a operação na segunda-feira passada e desenvolverá as ações do plano até 4 de janeiro de 2004, foram suspensas as férias dos oficiais até o encerramento da operação e será reforçado o policiamento ostensivo estático (por policiais a pé) e móvel (por policiais em motos e viaturas) com a participação dos 400 alunos do Curso de Formação de Soldados.Em Campo Grande, a Polícia Militar utilizará na operação 1,5 mil homens, 80 viaturas e 67 motos, sendo que, somente na região central da cidade, na área formada pelas avenidas Mascarenhas de Moraes, Coronel Antonino, Salgado Filho, Eduardo Elias Zahran e Tamandaré, que abrange 12 bairros e uma população de 70 mil pessoas mas que nesta época do ano recebe até 200 mil pessoas, serão envolvidos 75 policiais (67 que já atuam na área e oito do policiamento escolar) e 15 alunos do Curso de Formação, além de sete viaturas (sendo um camburão) e 13 motos. Segundo o comandante do policiamento da área central de Campo Grande, major Carlos Roberto Pereira, no perímetro das ruas 26 de Agosto, Maracaju, Cálogeras e Rui Barbosa, onde em razão dos estabelecimentos comerciais se concentra o maior fluxo de pessoas, será implementado com maior intensidade o policiamento a pé e nos bairros que fazem parte dessa área o policiamento móvel através de motos e viaturas. “Estamos realizando uma ação preventiva com essa Operação Natalina, não somente garantindo segurança a população, mas transmitindo a ela, com a presença ostensiva da policia nas ruas, a sensação de segurança, o que vai inibir a bandidagem, que vendo nossa presença desistirá do crime, porque saberá que se agir, nós vamos prender”, assegurou o secretário de Justiça e Segurança Pública. Já no Interior do Estado, a Policia Militar utilizará no policiamento de fim de ano 2,4 mil homens, 110 viaturas e 25 motos. Em contrapartida, na Polícia Civil, que inicia a Operação Natalina na próxima segunda-feira, com previsão de encerramento também no dia 4 de janeiro de 2004, foram suspensas todas as férias de agentes, escrivães e delegados, previstas neste período, e serão reforçados os plantões das delegacias municipais e em Campo Grande em cinco locais, além de serem executadas operações volantes. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Seleção brasileira recua para 3ª posição no ranking masculino da Fifa
DOURADOS
Prefeitura vai licitar empresa para gerenciamento e manutenção da frota
DOURADOS
Polícia fecha “boca do Matrix” e prende acusado de vários furtos no Centro
CAPITAL
Com ajuda de cães farejadores, polícia apreende 36,2 kg de cocaína
POLÍTICA
Minirreforma eleitoral divide bancada de MS ao ser aprovada na Câmara dos Deputados
OBRA PARADA
Prazo para retirada dos primeiros editais do Aquário do Pantanal termina dia 27
CLIMA
Dourados pode ter setembro mais seco em 40 anos
BRASIL
PF cumpre mandados em gabinetes do líder do governo e de seu filho
COMBATE AO TRÁFICO
Após apreensão de 1,6t de maconha na fronteira, polícia cumpre mandados de prisão na Capital
TELEVISÃO
'A Fazenda' começa morna e com famosos que poucos conhecem

Mais Lidas

DOURADOS
De assaltante frustrado a autor de furto, jovem agora é apontado como assassino frio e cruel
DOURADOS
“Terror”: Empresário foi agredido e ameaçado de morte durante roubo de joias
CRIME BRUTAL
Após matar pai e filho, assassino arrancou cérebro de menor e manteve fogo aceso para queimar corpos
DOURADOS
Interno foge da PED durante trabalho de manutenção