Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

MS foi o que mais investiu em habitação popular em 2004

11 março 2005 - 13h11

O Governo do Estado, através da Agência de Habitação Popular de MS (AGEHAB), fechou 2004 com mais uma conquista. Segundo dados da Caixa Econômica Federal (CEF), o Estado foi o que mais investiu proporcionalmente em obras do Programa de Arrendamento Residêncial (PAR), desenvolvido em parceria com a CEF.
O PAR é um programa nacional de arrendamento com opção de compra ao final de 15 anos. O Programa beneficia municípios com mais de 100 mil habitantes, no caso de MS, os contemplados são Campo Grande e Dourados. Segundo Amarildo Cruz, diretor-presidente da AGEHAB, Mato Grosso do Sul foi o Estado que mais contratou o PAR no país.
“No orçamento distribuído para todos os Estados em 2004, além da quantidade recebida, orçada em R$ 13.700 milhões, conseguimos após muito trabalho junto a CEF e Ministério das Cidades, incrementar mais R$ 36 milhões em novas contratações”, informou Amarildo.
Desta forma, MS atingiu a marca de 363,23% de contratação para construção de novos empreendimentos. Em relação ao resto do país, este resultado passou a frente de estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.
Os empreendimentos são produzidos em áreas inseridas na malha urbana, com facilidade de acesso a pólos geradores de emprego e renda, dotada de infra-estrutura básica, como abastecimento de água, solução de esgotamento sanitário, energia elétrica, vias de acesso e transporte público. Este programa é direcionado as famílias com renda entre 2,5 a 6 salários mínimos.
 Cerca de 14 novos empreendimentos do PAR estão sendo construídos, sendo 11 em Campo grande e três em Dourados. No total, além das unidades habitacionais em andamento, mais de 1.500 famílias serão beneficiadas. Mais informações pelo 384-4510.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMBUSTÍVEIS
Petrobras aumenta preço da gasolina nas refinarias pela 1ª vez no ano
AQUIDAUANA
Falso delegado envia nudes e ameaça ‘infernizar’ vida de menina de 13 anos
LOTERIA
Confira as dezenas da Mega-Sena, que deve paga R$ 170 milhões
PROPOSTA
Projeto de lei prevê afixação de cartazes educativos sobre adoção
PUNIÇÃO
Idoso que atirou em morador de rua é exonerado da Assembleia Legislativa
BENEFÍCIO
UEMS abre inscrições de 770 auxílios para acadêmicos da graduação
CINEMA
Morre em São Paulo aos 83 anos José Mojica Marins, o Zé do Caixão
EMPREGO
Comarca de Mundo Novo realiza processo seletivo de estagiários
DOURADOS
Ladrão leva carro de autoescola e o abandona na Cachoeirinha
COTAÇÃO
Dólar renova recorde e fecha a R$ 4,36

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018