Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

MS foi o quarto em arrecadação de ICMS no País

19 janeiro 2004 - 09h15

No ranking da arrecadação de ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços), Mato Grosso do Sul aparece na quarta posição. O desempenho dos estados na receita gerada pelo ICMS foi divulgado sábado, pela Folha de S. Paulo, que destaca o Centro Oeste como a região que registrou a maior expansão em 2003. Segundo dados do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), estados que tiveram maior variação na receita de ICMS foram: Mato Grosso (34,67%), Pará (33,84), Espírito Santo (30,92%), Mato Grosso do Sul (24,08) e Santa Catarina (22,52%). Em cinco anos, a arrecadação mensal de ICMS de Mato Grosso do Sul saltou de R$ 45 milhões (dez/1998) para R$ 176 milhões (dez/2003).Conforme matéria publicada pela Folha de S. Paulo na edição de sábado, os Estados aumentaram a sua arrecadação em quase 5% acima da inflação no ano passado em relação a 2002. A área fiscal do BNDES apurou uma arrecadação total de R$ 117,6 bilhões em 2003 para o principal imposto estadual, o ICMS. A arrecadação do ICMS subiu 14,2% em termos nominais, mas a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) foi de 9,3% no ano passado. Em 2002, foram arrecadados R$ 103 bilhões de ICMS. Os técnicos do BNDES não explicaram o motivo de o ICMS ter subido em um ano de estagnação econômica. Até novembro, por exemplo, São Paulo (maior Estado do país) havia registrado queda de 11,5% na arrecadação do imposto em relação a 2003.Mas os técnicos explicam que os dados foram coletados com base nas contribuições dos Estados ao Fundef (Fundo de Desenvolvimento e Valorização do Magistério). As contribuições são divulgadas pelo Banco do Brasil e estão diretamente relacionadas ao imposto estadual. Os dados oficiais sobre a arrecadação do ICMS são publicados pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) do Ministério da Fazenda, mas ainda não há informações para os meses de novembro e dezembro. Pelos números do BNDES, o Mato Grosso teve o maior crescimento de arrecadação entre os Estados, ou 34,67% em relação a 2002, o que pode ser explicado pela sua grande produção agrícola (setor que registrou forte expansão no ano passado).A região Centro-Oeste foi justamente a que mais arrecadou em relação ao ano anterior. O menor crescimento entre os Estados foi verificado no Amapá, com apenas 1,66% de elevação (em valores correntes) em relação a 2002. A região Sudeste foi a que teve menor crescimento: 10,67%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Pai que matou filho afogado também responderá por tentativa de homicídio
NOVO PADRÃO
Termina prazo extra para placa do Mercosul entrar em vigor no Brasil
PARAGUAI
Justiça solta 4 agentes penitenciários presos após fuga de 76 detentos
BRASIL
PF encontra mensagens com ameaças a ministros do Supremo
CAPITAL
Polícia identifica marca em touro descontrolado e tenta rastrear dono
UFGD
Seminário de Literatura e Arte Contemporânea acontece em abril
PARANAÍBA
Carreta é encontrada em chamas e polícia investiga ação criminosa
POLÍTICA
Bolsonaro diz que espera enviar reforma administrativa esta semana
FRONTEIRA
Pistoleiros do PCC são suspeitos de envolvimento na execução de jornalista
EDUCAÇÃO
MEC busca alternativa para voltar a emitir carteira de estudante

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei