Menu
Busca sexta, 19 de abril de 2019
(67) 9860-3221
MUNDO DO CRIME

MS está entre os três estados do país onde o PCC tem "alta influência"

10 agosto 2018 - 17h20Por Da redação

Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo são os estados em que o PCC (Primeiro Comando da Capital) tem influência “muito alta”, conforme levantamento divulgado por pesquisadores da trajetória da facção criminosa. O dado foi apresentado pelo portal Uol, nesta sexta-feira (10) e mostra o domínio do grupo criminoso em outros cinco estados com influência “alta” (AC,RR,PI, AL, SE).

A maior facção criminosa do Brasil está em desvantagem em apenas cinco unidades da federação (AM,PA,MT,TO,RJ) e tem média influencia em outras treze e no Distrito Federal (AP,RO,MA,CE,RN, PB, PE, BA,GO,MG,ES,SC,RS).

Camila Nunes Dias e Bruno Paes Manso, há mais de uma década se dedicam a pesquisa do grupo que domina o mercado de drogas e o sistema prisional, divulgada hoje. 

Autoridades estimam que a facção criminosa conseguiu batizar 18 mil novos membros nos últimos anos, o que contribuiu para ascensão do grupo. Nos estados com média incidência, o PCC briga pelo monopólio. 
O levantamento aponta que o PCC tem 30 mil membros no país. 

"Nos estados que consideramos como médios em termos de presença do PCC, significa que há outros grupos criminosos em pé de igualdade e em conflito com a facção paulista”, disse a pesquisadora. 

O portal ressalta ainda que desde o segundo semestre de 2016, o PCC entrou em guerra aberta com o antigo parceiro Comando Vermelho e com outras facções pelo domínio dos presídios e das rotas de tráfico de drogas e de armas em todo o país e desde então iniciou-se uma série de confrontos nos presídios em todo o país. 

O massacre de Manaus, no primeiro dia de 2017, é um exemplo destes confrontos. Membros da FDN (Família do Norte), então aliada do Comando Vermelho, assassinaram 56 presos, sendo que  26 eram filiados ao PCC. Atualmente, as três fações disputam o mercado do crime na região Norte do país. 

Tribunal do crime 

Além dos confrontos nos presídios, as facções criminosas se mostram por meio das execuções com recados para intimidar o grupo oposto. Os chamados “tribunais do crime” ocorrem com frequência em Mato Grosso do Sul com membros declarados e não declarados de facções, com internos de unidades prisionais ou pessoas em liberdade. 

Conforme mostrado pelo Dourados News, Douglas Sarat de Moraes, 18, foi executado por três pessoas e antes do fato foi obrigado a gravar um vídeo em relato ao domínio do PCC no município. 

O Dourados News teve acesso ao vídeo. O rapaz era estimulado a falar da força da facção criminosa. Ele ainda relatou sobre a rixa “PCC e CV”. 

“O CV fez uma casinha para matar os PCC’s aqui de Dourados, mas não vai rolar. Todos tem que seguir o PCC maior grupo do mundo”, disse. 

Antes de ser executado o jovem foi estimulado a dizer “quem vai dominar é o PCC”.

Os autores foram identificados Luiz Henrique de Paula, 20, o ‘abacaxi’, e Alisson Borges de Brito, 25, o ‘quati’ foram presos e um adolescente apreendido. 

O trio atraiu o jovem até o encontro e posteriormente amarraram suas mãos, o torturando e fazendo mencionar as frases antes do tiro na cabeça. 

Conforme o SIG (Serviço de Investigação Geral), Douglas não tinham passagem pela polícia ou envolvimento real com o Comando Vermelho e foi identificado por uma postagem em grupo de whatsapp por apologia a facção (CV). 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS-338
Motorista freia ao ver anta e tem caminhão atingido por ônibus
BRASILEIRO
Corumbaense estreia na Série D em casa no dia 4; Operário vai a Minas em primeiro jogo
INTERNACIONAL
Encontro de cúpula Rússia-Coreia do Norte deve ser na próxima semana
DOURADOS
Bandidos invadem fazenda e furtam espingarda e mantimentos
RIOS DE MS
Paranaenses perdem barco e são multados por pesca ilegal
EDUCAÇÃO
Prazo para inscrição no Vale Universidade termina na segunda-feira
CAMPO GRANDE
Mulher é encontrada pendurada em árvore ao lado de carro
DOURADOS
Homem é preso tentando se esconder sob balcão de loja em que furtava
BRASIL
Lei Rouanet deverá ter teto de R$ 1 milhão por projeto, diz Bolsonaro
DOURADOS
Guarda faz batida em festa regada a álcool e narguilé e encontra menores bêbados

Mais Lidas

DOURADOS
Corpo desovado no IV Plano é de homem que matou e jogou mulher dentro de poço há 6 anos
DOURADOS
Polícia prende dois e acaba com "tribunal” que poderia resultar em morte no Canaã I
VIOLÊNCIA
Corpo é encontrado ‘ensacado’ em Dourados
DOURADOS
Homem foi espancado e enrolado em lençóis antes do corpo ser desovado no IV Plano