Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 9860-3221

MP questiona na Justiça exclusividade de médico à Unimed

03 dezembro 2003 - 18h22

O promotor de Justiça do Consumidor de Campo Grande, Amilton Plácido da Rosa, ingressou com ação civil na 2ª Vara da Fazenda Pública e Registros Públicos para tentar acabar com a exclusividade exigida pela Unimed, Cooperativa de Trabalho Médico, dos médicos cooperados. O argumento é que a exigência está prejudicando a livre concorrência de outras empresas do setor e configura como monopólio.A atitude da Unimed estaria criando dificuldades para que outros planos de saúde conseguissem contratar profissionais em algumas especialidades, uma vez que haveria poucos na cidade e estariam cooperados da Unimed e impedidos de atender pacientes por outros planos. Nem argumentando ser uma cooperativa, a Unimed poderia estar exigindo a exclusividade, informa o Ministério Público Estadual. A ação foi apresentada no começo de novembro e ainda não houve nenhum despacho pelo juiz da 2ª Vara, Vladimir Abreu da Silva. Ações semelhantes já teriam sido protocoladas em outros estados, com vitória na Justiça. A Unimed em Campo Grande tem cerca de 1,2 mil médicos cooperados e 100 mil usuários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
IFMS abre inscrições em graduação a portadores de diploma e transferências
CAPACITAÇÃO
Prefeitura oferece oficina para formação de instrutores de fanfarra
CRIME AMBIENTAL
Ambiental apreende 500 metros de redes e liberta 20 quilos de peixes
JUDICIÁRIO
Ministro do STF suspende MP que transferiu demarcação de terras indígenas a Agricultura
CAMPO GRANDE
Bebê de 7 meses morre em casa por folta de higiene e pais são presos
SAÚDE
Ministério da Agricultura aprova registro de mais 42 agrotóxicos
MS
Adolescente é apreendido com maconha hidropônica e cocaína
COXIM
Pilar de concreto que sustentava rede cai e mata menina de 4 anos
MS
Polícia recupera dois veículos furtados e com documentação adulterada
NAVIRAÍ
Bombeiros retiram Saveiro que caiu nas águas do Rio Amambai

Mais Lidas

CAPITAL
Pai atira no próprio filho por dívida de R$ 2 milhões
POLÍCIA
Gangue invade festa e esfaqueia três adolescentes em Dourados
POLÍCIA
Homem tem R$ 500 roubados após negar programa a travesti em Dourados
POLÍCIA
Ladrão é preso após esconder TV furtada de restaurante em cemitério