Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221

MP questiona na Justiça exclusividade de médico à Unimed

03 dezembro 2003 - 18h22

O promotor de Justiça do Consumidor de Campo Grande, Amilton Plácido da Rosa, ingressou com ação civil na 2ª Vara da Fazenda Pública e Registros Públicos para tentar acabar com a exclusividade exigida pela Unimed, Cooperativa de Trabalho Médico, dos médicos cooperados. O argumento é que a exigência está prejudicando a livre concorrência de outras empresas do setor e configura como monopólio.A atitude da Unimed estaria criando dificuldades para que outros planos de saúde conseguissem contratar profissionais em algumas especialidades, uma vez que haveria poucos na cidade e estariam cooperados da Unimed e impedidos de atender pacientes por outros planos. Nem argumentando ser uma cooperativa, a Unimed poderia estar exigindo a exclusividade, informa o Ministério Público Estadual. A ação foi apresentada no começo de novembro e ainda não houve nenhum despacho pelo juiz da 2ª Vara, Vladimir Abreu da Silva. Ações semelhantes já teriam sido protocoladas em outros estados, com vitória na Justiça. A Unimed em Campo Grande tem cerca de 1,2 mil médicos cooperados e 100 mil usuários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação contra aftosa será mantido
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS