Menu
Busca Quarta, 22 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Tribunal de Contas de MS - Novembro 2017

MP questiona na Justiça exclusividade de médico à Unimed

03 Dezembro 2003 - 18h22

O promotor de Justiça do Consumidor de Campo Grande, Amilton Plácido da Rosa, ingressou com ação civil na 2ª Vara da Fazenda Pública e Registros Públicos para tentar acabar com a exclusividade exigida pela Unimed, Cooperativa de Trabalho Médico, dos médicos cooperados. O argumento é que a exigência está prejudicando a livre concorrência de outras empresas do setor e configura como monopólio.A atitude da Unimed estaria criando dificuldades para que outros planos de saúde conseguissem contratar profissionais em algumas especialidades, uma vez que haveria poucos na cidade e estariam cooperados da Unimed e impedidos de atender pacientes por outros planos. Nem argumentando ser uma cooperativa, a Unimed poderia estar exigindo a exclusividade, informa o Ministério Público Estadual. A ação foi apresentada no começo de novembro e ainda não houve nenhum despacho pelo juiz da 2ª Vara, Vladimir Abreu da Silva. Ações semelhantes já teriam sido protocoladas em outros estados, com vitória na Justiça. A Unimed em Campo Grande tem cerca de 1,2 mil médicos cooperados e 100 mil usuários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Temer escolhe Marun, mas decide aguardar definição do PSDB
IVINHEMA
Fim do casamento faz ex divulgar fotos íntimas por whatsapp
O OUTRO LADO DO PARAÍSO
Clara conhece Beatriz na clínica e recebe dica valiosa
MELHORIAS
Parceria viabiliza recapeamento das ruas do Clube Indaiá
ESTADO
SED promove formação dos Jovens Protagonistas Acolhedores
COPA SÃO PAULO
Corumbaense cai no grupo do Corinthians e Comercial pega o Coxa
DOURADOS
Agehab disponibiliza no site da Prefeitura lista de contemplados e de inscritos
BRASIL
Temer reúne governadores em busca de apoio para reforma da Previdência
OPINIÃO
A tecnologia na agricultura
A tecnologia na agricultura
24ª LOJA
Abevê inaugura mais uma loja amanhã em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Homem foi executado com dois tiros e suspeita é de "guerra" entre grupos
DOURADOS
Homem é encontrado morto com tiro dentro de carro em Dourados
É OU NÃO É
Quem perder o prazo da biometria vai ter de pagar multa de R$ 150?
TRÂNSITO
Homem morre em Dourados após acidente