Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Motorista causador da tragédia na BR 163 foi indiciado

12 agosto 2002 - 16h26

A imprudência do motorista Haley Sangali, 46 anos, morador na cidade de Canoas/RS, foi à causa principal da tragédia ocorrida na manha de hoje na BR-163, perto de Nova Alvorada do Sul, em que resultou na morte de cinco pessoas moradores em Fátima do Sul, sendo que elas estava o filho do candidato a deputado federal Wanderlei Cabeludo.
Haley dirigia um treminhão Scania 124 400, vermelho, com placas IKL 6035 de Canoas/RS e estava acompanhado de sua esposa, Rosa Maria Franco Sangali, quando invadiu a pista contrária colidindo de frente com um Fiat Tipo com placas HRL 9427 de Campo Grande. Ele foi indiciado por homicídio culposo pelo Delegado Titular da Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul. Segundo informações Haley já havia anteriormente em um outro acidente com vitima fatal, na cidade de Curitiba-PR e cumprindo pena três anos de prisão. (S/Jr)

Deixe seu Comentário

Leia Também

"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia
REGIÃO
Polícia localiza mocó de maconha e prende dois em Ivinhema
ESPORTES
Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”
TOQUE DE RECOLHER
Mais de 200 são flagrados nas ruas de sexta para sábado na Capital
GOVERNO
Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial
UEMS
Estudantes de MS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown