Menu
Busca segunda, 24 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Mortos por terremoto no Irã já ultrapassam 15 mil

26 dezembro 2003 - 18h04

Mais de 15 mil pessoas morreram após um terremoto de 6,3 graus na escala Richter ter sacudido hoje a cidade iraniana de Bam, disseram autoridades locais. "O que eu sei é que mais de 15.000 pessoas morreram", disse uma fonte ligada ao governo por telefone. Uma outra autoridade confirmou o número. O noticiário da televisão iraniana informou que cerca de 70% das construções de Bam, uma popular cidade turística a cerca de mil quilômetros a sudeste da capital do país, Teerã, haviam desabado com o terremoto. Testemunhas disseram que muitas casas desabaram e que as praças da cidade estavam lotadas de crianças chorando e de desabrigados, envoltos em cobertores para se proteger do frio. Cadáveres envoltos em cobertores eram removidos em furgões. "Perdi toda a minha família. Meus pais, minha avó e duas irmãs ficaram sob os escombros", disse Maryam, 17. A mídia estatal informou que dois dos hospitais de Bam desabaram, esmagando muitos dos médicos e enfermeiros, e os demais hospitais estavam lotados. Os feridos, mais de 30 mil, estavam sendo removidos para cidades vizinhas. O terremoto aconteceu de madrugada na cidade de aproximadamente 200 mil habitantes, quando a maioria dos moradores estava dormindo. Terremotos são comuns no Irã, cujo território é cruzado por várias falhas geológicas. Em junho do ano passado, um tremor de 6,3 graus na escala Richter atingiu o norte do país, matando pelo menos 229 pessoas e ferindo mais de mil. Mais de 35 mil pessoas morreram em 1990 quando um terremoto de intensidade 7,7 na escala Richter atingiu a área noroeste o Irã. A capital, Teerã, foi atingida por um tremor 7 graus na escala Richter em 1830.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março
POLÍCIA
DOF flagra cinco com 400 quilos de contrabando em Dourados
BRASIL
Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar
STF
Liminar garante ao RS fixar contribuição previdenciária de militares sem sanções por parte da União
DOURADOS
Com ponto facultativo, sessão da Câmara foi antecipada
MS
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios
ESTADO
Judiciário de MS retomará expediente na quinta-feira
MUNDO
Cientistas descartam que novo vírus tenha origem em mercado em Wuhan

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação