Menu
Busca sábado, 29 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Mortos em terremoto no Irã podem chegar a 40 mil

27 dezembro 2003 - 18h05

Autoridades iranianas afirmaram neste sábado que o número de mortos no terremoto que arrasou na sexta-feira a cidade histórica de Bam, no sudeste do Irã, pode chegar a 40.000, o dobro do total estimado anteriormente pelo Ministério do Interior. Segundo dados divulgados hoje pela agência oficial Irna, já haveria 30.000 mortos confirmados, e o prefeito da cidade de Kerman, capital da província de mesmo nome, Akbar Alavi, disse que pode haver mais 10.000. A estimativa de 40.000 foi mortos foi feita também pelo líder de uma equipe de resgate, Ahmad Najafi. Segundo Najafi, em uma rua da cidade de Bam, 200 corpos foram resgatados hoje em apenas uma hora de trabalho. Em meio à desolação geral, surgiu hoje uma boa notícia: as equipes de resgate conseguiram retirar dos escombros 150 pessoas com vida, informou o policial da Guarda Revolucionária Masoud Amiri. Entre os sobreviventes se encontra um bebê com menos de 12 meses, cujas condições de saúde são estáveis. Enquanto as estimativas sobre os mortos aumentavam, o governo apelava por ajuda internacional, depois que o presidente Mohammad Khatami admitiu que os danos do terremoto são tão extensos que o país não tem condições de enfrentar sozinho a situação. As autoridades levantaram a exigência de visto para as equipes internacionais de socorro enviadas de várias partes do mundo. A ajuda internacional começou a chegar hoje pela manhã ao Irã. Pelo menos 20 países já enviaram equipes de resgate e ajuda humanitária à região afetada pelo terremoto, que alcançou 6,3 graus na escala Richter. No total, mais de 600 socorristas e cerca de 100 membros de equipes médicas deveriam chegar ao Irã neste sábado - 122 da Rússia, entre 100 e 120 da Áustria, 94 da Turquia, 55 da Dinamarca, 50 da África do Sul, 40 da Alemanha, 43 da China, 60 da França, 32 de Portugal, 25 da Grécia e cinco do Japão. A União Européia anunciou hoje que fornecerá US$ 2,85 milhões em ajuda de emergência para o Irã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Filha reconhece mulher de 34 anos que morreu ao bater em poste
UEMS
Abertas inscrições para o XI Seminário de Extensão Universitária
CRIME AMBIENTAL
Polícia apreende arma, munições, fardas camufladas e carne suspeita
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Bolsonaro vai a Montevidéu para posse do novo presidente do Uruguai
SANEAMENTO
Obras da rede de esgoto de Batayporã estão em fase de conclusão
JUDICIÁRIO
STF vai julgar se punição a quem recusa bafômetro é constitucional
DIÁRIO OFICIAL
Relação de candidatos para docente de curso para policiais é divulgado
MEIO AMBIENTE
PMA divulga Cartilha do Pescador 2020 com as novas regras para pesca
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende Corguinho e Rochedo na próxima semana
SÃO CONRADO
Identificado homem morto a pauladas e polícia busca suspeito

Mais Lidas

MEIO AMBIENTE
Proprietário de rancho é autuado por pescar em rio durante a piracema
PARQUE DO LAGO
Ladrões usam carro para estourar porta de mercado e fogem com cofre; veja vídeo
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira
DOURADOS
Dupla dispara, mata jovem e deixa outro ferido no Jardim Independência