Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Morte do pai de Euller adia acordo com Fluminense

26 dezembro 2003 - 14h31

O pai do atacante Euller morreu na madrugada desta sexta-feira, em Minas Gerais, e isso deverá dificultar o acerto com o Fluminense, conforme estava previsto. O procurador do atleta, o ex-jogador Alemão, disse que ainda é possível um acordo nesta sexta-feira, mas o empresário Celso Barros, presidente da Unimed, patrocinadora do clube carioca, e que está à frente da transação, disse que a negociação deverá realmente ser adiada. "Realmente este lamentável fato da morte do pai do Euller acabou impedindo que a gente chegasse a uma definição nesta sexta-feira. Infelizmente a coisa acabou não se concretizando. Porém deixamos tudo muito bem encaminhado na reunião que tivemos na terça-feira passada e acho que estamos apenas por pequenos detalhes",

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Homem é preso com faca após ser flagrado pela mulher na cama com amante
ITAHUM
Pesticida apreendido em Dourados pesou quase 2 toneladas
OUSADIA
Ladrões invadem casa em bairro da Capital e roubam de revólver a SW4
QUARTA-FEIRA DE CINZAS
Douradenses fazem filas em agências bancárias após Carnaval
CLIMA
Defesa Civil emite alerta de chuvas e ventos fortes para quase 40 municípios de MS
EDUCAÇÃO
UEMS publica a terceira Chamada da Lista de Espera do Sisu
PONTA PORÃ
Fugindo da polícia, assaltantes cruzam fronteira e um morre
DOURADOS
Cadastro de biometria pode ser feito aos sábados a partir deste fim de semana
ITAHUM
Motorista é preso em Dourados com carga de pesticida contrabandeado
POLÍTICA
Bolsonaro é criticado após divulgar vídeo com chamado para manifestação

Mais Lidas

DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar