Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Morte do pai de Euller adia acordo com Fluminense

26 dezembro 2003 - 14h31

O pai do atacante Euller morreu na madrugada desta sexta-feira, em Minas Gerais, e isso deverá dificultar o acerto com o Fluminense, conforme estava previsto. O procurador do atleta, o ex-jogador Alemão, disse que ainda é possível um acordo nesta sexta-feira, mas o empresário Celso Barros, presidente da Unimed, patrocinadora do clube carioca, e que está à frente da transação, disse que a negociação deverá realmente ser adiada. "Realmente este lamentável fato da morte do pai do Euller acabou impedindo que a gente chegasse a uma definição nesta sexta-feira. Infelizmente a coisa acabou não se concretizando. Porém deixamos tudo muito bem encaminhado na reunião que tivemos na terça-feira passada e acho que estamos apenas por pequenos detalhes",

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Mostra Audiovisual exibe neste sábado o filme 'As Filhas do Fogo'
ESTUDO
Universidade cria técnica que identifica uso de agrotóxicos em frutas
ISQUEMIA
Morre no Rio de Janeiro aos 79 anos a atriz Lady Francisco
CAPITAL
Travesti suspeita de matar vendedor com 14 facadas é presa
FAMOSOS
Débora Nascimento beija mulher e diz: “Tô solteira mesmo”
CAPITAL
Estelionatário se passa por funcionário de banco e mulher perde R$ 17 mil
DOURADOS
Continuam abertas as inscrições para eleição de conselheiros tutelares
DOMINGO
Para teste físico de concurso, Parque dos Poderes será interditado
DOURADOS
Doadores de “sábado” no Hemocentro falam sobre mais tranquilidade para o gesto de solidariedade
ESPIRITUALIDADE
Congresso Holístico Internacional começa neste sábado em Bonito

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem contrata programa com travesti, diz não ter sido atendido e ainda roubado
SEGURANÇA
Guara Municipal e Polícia Miliar realizam Operação Saturação em Dourados
AMAMBAI
Jovem é preso após abandonar veículo com 353 quilos de maconha
ITAQUIRAÍ
Homem é assassinado a golpes de machado enquanto dormia