Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Morte de suspeito não encerra investigação em Aquidauana

19 dezembro 2003 - 19h02

A morte de Cícero Constantino Duarte, suspeito do estupro e assassinato de Mayara Brito das Neves, de 3 anos, em Aquidauana, não encerra as investigações. Segundo a Diretoria Geral da Polícia Civil, a investigação será mantida e a certidão de óbito do suspeito incluída no inquérito.Ainda não há resultado de exames que podem fornecer provas precisas da morte da criança. No corpo dela foram coletados materiais que ajudarão em exames de identificação. Por lei, o delegado não tem poder de arquivar um caso. A delegada responsável, Jaiza dos Santos, deverá encaminhar a apuração ao MPE (Ministério Público Estadual), que pode pedir o arquivamento ao juiz ou oferecer algum tipo de denúncia. Duarte teria confessado à Polícia que cometeu o crime. Diante a repercussão do caso na cidade, quando houve tentativa de linchamento e até a destruição da casa dele pela comunidade, a decisão foi traze-lo para Campo Grande para oferecer uma custódia mais segura. Só que ele acabou sendo morto pelos companheiros de cela no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande). Ele estava em ala onde só ficam acusados ou condenados por estupro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO DE MS
Semana na ALMS terá duas audiências públicas
FESTA
2ª Peixada Dourados News celebra 19 anos do maior jornal online do interior de MS
BRASIL
Investidores internacionais querem evitar dupla tributação com Brasil
TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
MEIO AMBIENTE
Traficante de aves foge da polícia ao ser flagrado tentando furtar filhotes de papagaio
MÚSICA
Batalha de Bandas acontece neste sábado na Capital
ITAPORÃ
Durante ação voltada ao meio-ambiente, maconha é encontrada às margens de rodovia
BRASIL
Governo libera quase R$ 800 milhões em emendas parlamentares
GP DE SINGAPURA
Leclerc desbanca Hamilton e Vettel na última volta para conquistar a pole
MUDANÇA
Entenda as novas regras para conduzir as motos 'cinquentinhas'

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro