Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Morte de menino: mulher pega 21 anos de prisão

29 maio 2011 - 12h40

Beatriz Abagge foi condenada, neste sábado (28), a 21 anos e quatro meses de prisão pela morte do menino Evandro Ramos. Ela ainda pode entrar com recurso e aguardar a decisão em liberdade. Beatriz foi considerada mandante do crime realizado através de um ritual de 'magia negra' em 1992, em Guaratuba, no litoral do Paraná.

Evandro Ramos Caetano, de seis anos, desapareceu em abril de 1992 quando ia para escola. O corpo dele foi encontrado cinco dias depois "com lesões semelhantes às percebidas em sacrifícios de animais, como amputação de membros e retirada do coração", como afirmou o promotor de justiça do Tribunal de Júri de Curitiba, Paulo Sérgio Markowisz de Lima.

No primeiro julgamento, em 1998, Beatriz e a mãe, Celina, haviam sido absolvidas. Dois pais de santos e um ajudante foram condenados pelo crime em 2004. No entanto, o Ministério Público recorreu da decisão e conseguiu, através do Supremo Tribunal Federal (STF), um novo julgamento.

"Sou inocente e vou continuar gritando minha inocência", afirmou Abagge na saída do Tribunal. Ela foi condenada por quatro votos contra três do júri popular.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO DE MS
Semana na ALMS terá duas audiências públicas
FESTA
2ª Peixada Dourados News celebra 19 anos do maior jornal online do interior de MS
BRASIL
Investidores internacionais querem evitar dupla tributação com Brasil
TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
MEIO AMBIENTE
Traficante de aves foge da polícia ao ser flagrado tentando furtar filhotes de papagaio
MÚSICA
Batalha de Bandas acontece neste sábado na Capital
ITAPORÃ
Durante ação voltada ao meio-ambiente, maconha é encontrada às margens de rodovia
BRASIL
Governo libera quase R$ 800 milhões em emendas parlamentares
GP DE SINGAPURA
Leclerc desbanca Hamilton e Vettel na última volta para conquistar a pole
MUDANÇA
Entenda as novas regras para conduzir as motos 'cinquentinhas'

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro