Menu
Busca quarta, 21 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Morte de menino: mulher pega 21 anos de prisão

29 maio 2011 - 12h40

Beatriz Abagge foi condenada, neste sábado (28), a 21 anos e quatro meses de prisão pela morte do menino Evandro Ramos. Ela ainda pode entrar com recurso e aguardar a decisão em liberdade. Beatriz foi considerada mandante do crime realizado através de um ritual de 'magia negra' em 1992, em Guaratuba, no litoral do Paraná.

Evandro Ramos Caetano, de seis anos, desapareceu em abril de 1992 quando ia para escola. O corpo dele foi encontrado cinco dias depois "com lesões semelhantes às percebidas em sacrifícios de animais, como amputação de membros e retirada do coração", como afirmou o promotor de justiça do Tribunal de Júri de Curitiba, Paulo Sérgio Markowisz de Lima.

No primeiro julgamento, em 1998, Beatriz e a mãe, Celina, haviam sido absolvidas. Dois pais de santos e um ajudante foram condenados pelo crime em 2004. No entanto, o Ministério Público recorreu da decisão e conseguiu, através do Supremo Tribunal Federal (STF), um novo julgamento.

"Sou inocente e vou continuar gritando minha inocência", afirmou Abagge na saída do Tribunal. Ela foi condenada por quatro votos contra três do júri popular.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Homem atropela mulher ao cobrar dívida
ESPORTES
Oito modalidades dão início à 12ª edição das Paralimpíadas Escolares
DOURADOS
Menor é flagrada na rodoviária tentando levar maconha até Campo Grande
BNH I PLANO
Grupo é detido depredando patrimônio público em Dourados
GERAL
Política sobre educação ambiental será votada nesta quarta-feira
EM CAMPO GRANDE
Estados do Centro-Oeste discutem sobre a Assistência Social
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Inquérito apura possível funcionária fantasma em prefeitura de MS
ECONOMIA
Temer vai ao Chile para assinar acordo de livre comércio
MS
Lei que garante cães e gatos viajando com donos em ônibus começa a valer em MS
EDUCAÇÃO
UFGD convoca colaboradores para atuação no Vestibular de domingo

Mais Lidas

BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
FAZENDA
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai
DOURADOS
Servidor afastado após a “Pregão” é excluído de Comissão