Menu
Busca segunda, 18 de março de 2019
(67) 9860-3221

Morre Archibald Cox, procurador do "escândalo Watergate"

30 maio 2004 - 14h27

Aquele que foi o procurador do "escândalo Watergate" e que se negou a encerrar sua investigação sobre o caso apesar das ordens da Casa Branca, Archibald Cox, morreu em seu domicílio em Brooksville (Maine, EUA) aos 92 anos. Cox morreu ontem, sábado, segundo anunciou Phyllis Cox, uma das filhas do procurador que ficou famoso por sua oposição às "exageradas reclamações por privilégios executivos". O procurador, catedrático de Direito da Universidade de Harvard, também foi assessor do presidente John F. Kennedy, desempenhando o cargo de procurador geral dos Estados Unidos. Em maio de 1973, Cox foi designado para investigar a rede de gravações secretas feita pelo Partido Democrata no hotel Watergate de Washington, na campanha prévia às eleições. O presidente Richard Nixon exonerou o procurador em outubro de 1973 ante as tentativas de Cox de obter uma série de fitas gravadas na Casa Branca, essenciais à investigação do escândalo. Um dia antes, Nixon tinha se rejeitado a cumprir uma ordem judicial que exigia que ele entregasse as fitas, se negou a comparecer ante a Supremo Corte e ordenou que o procurador abandonasse o caso, algo que Cox não fez. Ao receber a demissão, o procurador emitiu um sucinto comunicado: "Para que o nosso seja um Governo de Direito e não de personalidades depende agora do Congresso e, em última instância, do povo americano". A decisão de Nixon, que finalmente se viu obrigado a entregar as gravações, deu asas a uma iniciativa para tirá-lo do cargo de presidente. Em agosto de 1974, converteu-se no primeiro, e até agora único, chefe de Estado dos EUA a renunciar. A morte de Archibald Cox aconteceu no mesmo dia da de Samuel Dash, assessor do Comitê do Senado encarregado de investigar o escândalo e que ficou famoso por seus duros interrogatórios na televisão sobre as gravações secretas do Partido Democrata do governo de Richard Nixon.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Projeto Florestinha realiza Educação Ambiental para mais de 3 mil alunos
CASSAÇÃO
Investigação que definirá futuro de Cirilo Ramão na Câmara terá continuidade
POLÍCIA
Casal carioca é preso após polícia encontrar maconha em caminhonete
CONHECIMENTO
Fundesporte realiza dia 22 o III Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer do MS
DOURADOS
Mulher é empurrada de moto durante assalto no Flórida
DOURADOS
Rapaz é surpreendido pelas costas e roubado próximo ao shopping
CONFLITO INDÍGENA
Moro mantém Força Nacional em Caarapó por mais 90 dias
ESTADUAL
Sete termina fase de grupos em 3º e pega o Aquidauanense nas quartas
JÓQUEI CLUBE
Em ocorrência de perturbação, homem é preso por tráfico em Dourados
SEGUNDA
Chuva forte deixa o trânsito conturbado em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Colisão termina com mulher presa nas ferragens e semáforo no chão
POLÍCIA
Mulher é morta pelo marido com golpes de machadinha na frente do filho
FEMINICÍDIO
Vendedora morta pelo marido mostrava carinho pelos filhos e começava nova jornada na educação
APÓS CHUVAS
Erosão “engole” parte de rodovia em MS