Menu
Busca sábado, 23 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Morre a 1ª mulher a atravessar o Canal da Mancha a nado

01 dezembro 2003 - 15h31

Gertrude Ederle, a primeira mulher a atravessar o canal da Mancha a nado, em 1926, morreu aos 98 anos nos Estados Unidos, disse hoje, uma porta-voz da casa de repouso em que ela estava.Ederle morreu ontem, em Wyckoff, Nova Jersey, uma cidade 40 quilômetros a noroeste de Nova York. A travessia do dia 6 de agosto de 1926 durou 14 horas e 31 minutos e bateu o recorde dos cinco homens que haviam nadado pelo canal entre 1875 e 1923.As águas revoltas da região fizeram da travessia de aproximadamente 34 quilômetros de Cape Griz-Nez, na França, a Kingsdown, na Inglaterra, um feito para Ederle, então com 20 anos, que foi recebida com uma parada em Nova York, sua cidade natal, e recebeu um convite para ir à Casa Branca, onde foi chamada pelo presidente Calvin Coolidge de "a melhor menina da América". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Ação entre PF e PRF apreende cerca de 5 toneladas de maconha
PORNOGRAFIA
Vaticano condena sacerdote acusado de pedofilia a cinco anos de prisão
CAMPO GRANDE
Após 5 horas, garota desce de caixa d’água e é levada para UPA
FUTEBOL
Alemanha bate a Suécia no último lance do jogo e respira na Copa
CONTRABANDO
Polícia descobre depósito com mil caixas de cigarros e prende trio
FUTEBOL
Campeonato Estadual Sub-19 começa neste final de semana
DOE SANGUE, DOE VIDA
Hemosul precisa de doações de sangue: Confira onde doar em MS
FUTEBOL
México vence a Coreia do Sul e fica a um passo da classificação
EXÉRCITO BRASILEIRO
Jovens nascidos em 2000 devem fazer o alistamento militar
EDUCAÇÃO
IFMS divulga resultado da seleção de jovens para os cursos técnicos

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito nega envolvimento, mas é autuado por latrocínio
DOURADOS
Assassinato de andarilho pode ter ocorrido dentro de barraco
DOURADOS
Corpo encontrado carbonizado seria de andarilho
POLÍCIA
Homem morre em Dourados após acidente na BR-163