Menu
Busca terça, 23 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Morre a 1ª mulher a atravessar o Canal da Mancha a nado

01 dezembro 2003 - 15h31

Gertrude Ederle, a primeira mulher a atravessar o canal da Mancha a nado, em 1926, morreu aos 98 anos nos Estados Unidos, disse hoje, uma porta-voz da casa de repouso em que ela estava.Ederle morreu ontem, em Wyckoff, Nova Jersey, uma cidade 40 quilômetros a noroeste de Nova York. A travessia do dia 6 de agosto de 1926 durou 14 horas e 31 minutos e bateu o recorde dos cinco homens que haviam nadado pelo canal entre 1875 e 1923.As águas revoltas da região fizeram da travessia de aproximadamente 34 quilômetros de Cape Griz-Nez, na França, a Kingsdown, na Inglaterra, um feito para Ederle, então com 20 anos, que foi recebida com uma parada em Nova York, sua cidade natal, e recebeu um convite para ir à Casa Branca, onde foi chamada pelo presidente Calvin Coolidge de "a melhor menina da América". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Pavimentação do Chaco Paraguaio é uma realidade e deverá ser concluída em 2022
DOURADOS
Homem é preso furtando carro no Altos do Indaiá
CÂMARA DE DOURADOS
“Direitos e deveres de agentes de saúde e endemias” é tema de seminário dia 24
LIBERTADORES
Cruzeiro encara o River fora de casa pela primeira partida das oitavas de final
VIAGEM
Tiradentes
ITAPORÃ
Carro com quase 1t de maconha colide contra cerca durante tentativa de fuga
ASSISTÊNCIA SOCIAL
MPE investiga denúncia de estelionato a portadores de transtornos mentais em Dourados
DOURADOS
Autor de sequestro e homicídio é encontrado morto na PED
DOURADOS
Carro furtado é abandonado com cofre no porta-malas
BRASIL
Bolsonaro comemora queda no risco país

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após bater moto em carro parado na Marcelino Pires
PORTO MURTINHO
Douradense é assassinado em sede de fazenda
SHOWBIZZ
Sertanejos morrem em acidente de carro em rodovia de São Paulo
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio ao ser baleado nas costas