Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Morre a 1ª mulher a atravessar o Canal da Mancha a nado

01 dezembro 2003 - 15h31

Gertrude Ederle, a primeira mulher a atravessar o canal da Mancha a nado, em 1926, morreu aos 98 anos nos Estados Unidos, disse hoje, uma porta-voz da casa de repouso em que ela estava.Ederle morreu ontem, em Wyckoff, Nova Jersey, uma cidade 40 quilômetros a noroeste de Nova York. A travessia do dia 6 de agosto de 1926 durou 14 horas e 31 minutos e bateu o recorde dos cinco homens que haviam nadado pelo canal entre 1875 e 1923.As águas revoltas da região fizeram da travessia de aproximadamente 34 quilômetros de Cape Griz-Nez, na França, a Kingsdown, na Inglaterra, um feito para Ederle, então com 20 anos, que foi recebida com uma parada em Nova York, sua cidade natal, e recebeu um convite para ir à Casa Branca, onde foi chamada pelo presidente Calvin Coolidge de "a melhor menina da América". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRESSÃO
Bolsonaro diz que sem reforma, faltará dinheiro para salários em 2024
EDUCAÇÃO
IFMS abrirá 80 vagas para cursos de graduação no 2º semestre
SEGUNDA LEVE!
Peito de frango recheado com frutas secas no molho de laranja
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação
TRÂNSITO
Homens correspondem a 69% dos motoristas indenizados em MS
DOURADOS
Sindicato Rural comemora melhor edição da Expoagro dos últimos anos
BRASIL
Cai confiança do empresário industrial pelo quarto mês, avalia CNI
VISITA GUIADA
Casa baiana histórica tem peças do artesanato brasileiro
DOURADOS
Comad promove capacitação sobre enfrentamento às drogas e workshop sobre engajamento nas redes sociais
SAÚDE
Gripe: quando se preocupar?

Mais Lidas

DOURADOS
Mulheres são presas ao tentar levar droga para maridos na PED
RODOVIÁRIA
Mulher é presa em Dourados com maconha que seria entregue no RS
DOURADOS
Guarda flagra adolescentes bebendo vodka durante a madrugada no Centro
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira