Menu
Busca Segunda, 20 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221

Moradores querem projeto Salobra implantado em Miranda

18 Dezembro 2003 - 17h31

Os moradores de Miranda querem que o projeto Salobra, da Salobra Hobby Investimentos, quer que o empreendimento seja recomeçado o quanto antes. Para a população, com o investimento, o comércio deve começa a se desenvolver e serão gerados novos empregos e renda para a população. Na audiência pública, realizada ontem, os produtores rurais, os comerciantes e a população manifestaram o desejo de ter o empreendimento no município."Para os produtores o Hotel Salobra vai ser uma ótima oportunidade de crescimento, uma vez que os produtos produzidos serão consumidos pelo hotel", afirmou o presidente do Sindicato Rural de Miranda, José Aparecido Fernandes.O vice-presidente da Associação Comercial da cidade, Manoel Matias Neto, também concordou com a afirmação do presidente do Sindicato Rural e acredita que o empreendimento deve movimentar o comércio da cidade, uma vez que o empreendimento afirmou que vai priorizar o material local, desde que os preços estejam compatíveis com o mercado. O prefeito de Guia Lopes da Laguna, Carlos Roberto Sarandi de Souza também defendeu a construção do empreendimento e elogiou os investimentos feitos pelo grupo.Conforme o economista do Salobra, Sérgio da Rocha Bastos o projeto deve trazer ao município 250 empregos diretos, apenas quando o empreendimento estiver pronto. Para a construção e execução do Salobra serão gerados 122 empregos. Outro fator citado pelo economista está na aquisição dos produtos, os comerciantes locais terão preferência. "É claro que se os valores forem exorbitantes, fora da realidade, estaremos procurando esses produtos em outros locais, mas a preferência é que sejam produtos daqui", explicou.Na quarta-feira (17), aconteceu audiência pública que deve aprovar a licença ambiental prévia para o início da instalação do empreendimento. Se a licença for aprovada pelo órgão competente, a Sema (Secretaria Estadual do Meio Ambiente), o projeto ainda terá que passar por outras duas fases: a licença de instalação e a licença de cooperação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Isis Valverde posa de lingerie em montanha
REGIÃO
Governador entrega investimentos e anuncia reconstrução do balneário municipal em Caarapó
ESPORTE
Bonito receberá última etapa do estadual de Beach Tennis
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Comissão vai debater cobrança por bagagem despachada
ITINERANTE
Carreta da Justiça inicia atendimentos na comarca de Figueirão
CONSCIÊNCIA NEGRA
Mais da metade da população brasileira se autodeclara como preta e parda
CAARAPÓ/AMAMBAI
Antes intransitável, reconstrução da MS-156 avança
DEFESA DO CONSUMIDOR
Na Capital, Procons vão orientar consumidores e fiscalizar lojas na Black Friday
TRABALHO
Caged de outubro indica saldo de 76 mil empregos, melhor resultado do ano
BRASILEIRÃO
Fluminense vence a Ponte e confirma vaga na elite

Mais Lidas

VIOLÊNCIA URBANA
Jovem é executado em emboscada no Estrela Porã
DOURADOS
Travesti é assassinada a golpes de faca em Dourados
DOURADOS
Homem morre após fugir de veículo em alta velocidade
POLÍCIA
Adolescente é baleado no Altos do Alvorada II