Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Moka diz que orçamento 2004 será o mais magro dos últimos anos

16 dezembro 2003 - 14h40

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB/MS) disse que o orçamento da União para 2004, que deve ser aprovado pelo senado na próxima semana, será o mais enxuto dos últimos anos. “Só para ter uma idéia, os recursos do Ministério da Integração Nacional teve uma liberação de recursos 40% inferior que no ano passado”, comparou. Segundo o deputado outras pastas também tiveram de se ajustar. O Ministério da Agricultura ficou com um recurso 20% menor que o mais baixo já executado.Apesar do corte na receita, Moka acredita que os Estados poderão continuar crescendo porque a verba, pela proposta do governo federal, não corre o risco de ser contingenciada, como aconteceu este ano. “Como o governo garantiu a liberação dos recursos o orçamento pode ficar mais apertado. Esse ano o orçamento era maior, mas como pouco foi liberado, foi uma desgraça”, argumenta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
IFMS abre inscrições em graduação a portadores de diploma e transferências
CAPACITAÇÃO
Prefeitura oferece oficina para formação de instrutores de fanfarra
CRIME AMBIENTAL
Ambiental apreende 500 metros de redes e liberta 20 quilos de peixes
JUDICIÁRIO
Ministro do STF suspende MP que transferiu demarcação de terras indígenas a Agricultura
CAMPO GRANDE
Bebê de 7 meses morre em casa por folta de higiene e pais são presos
SAÚDE
Ministério da Agricultura aprova registro de mais 42 agrotóxicos
MS
Adolescente é apreendido com maconha hidropônica e cocaína
COXIM
Pilar de concreto que sustentava rede cai e mata menina de 4 anos
MS
Polícia recupera dois veículos furtados e com documentação adulterada
NAVIRAÍ
Bombeiros retiram Saveiro que caiu nas águas do Rio Amambai

Mais Lidas

CAPITAL
Pai atira no próprio filho por dívida de R$ 2 milhões
POLÍCIA
Gangue invade festa e esfaqueia três adolescentes em Dourados
POLÍCIA
Homem tem R$ 500 roubados após negar programa a travesti em Dourados
POLÍCIA
Ladrão é preso após esconder TV furtada de restaurante em cemitério