Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Ministério da Saúde se prepara para campanhas de vacinação

15 janeiro 2004 - 14h38

A campanha nacional de vacinação e a produção de vacinas vão contar este ano com R$ 495 milhões. Em entrevista à NBR, TV a cabo da Radiobras, o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, informou que o programa de vacinação brasileiro oferece o maior número de vacinas gratuitas em todo o mundo. Este ano o Ministério da Saúde intensificará a vacinação contra tétano para mulheres em idade fértil e realizará a campanha contra o sarampo associada à da poliomielite.Segundo o secretário, a vacinação contra a gripe está prevista para ocorrer em abril. A exemplo dos anos anteriores, as vacinas serão fornecidas gratuitamente para toda a população idosa brasileira. “O Brasil hoje é um modelo. O México é um país com o mesmo nível econômico que o nosso e não consegue oferecer essa vacina gratuitamente para sua população, devido aos custos elevados de produção” explicou Barbosa. No calendário de vacinação brasileiro estão previstas para junho a primeira fase da Campanha Nacional Contra a Poliomielite em crianças de zero a cinco anos e a segunda em agosto. O secretário reiterou que no mesmo período o ministério promoverá também a vacinação contra o Sarampo. Mesmo sendo uma doença erradicada no país e nas Américas é preciso uma nova dose para evitar que novos casos da doença surjam, disse Barbosa. “No ano de 2003 só registramos dois casos que foram importados para o Brasil. Um deles aconteceu com um empresário que viajou para a Alemanha”, informou.A novidade em 2004 é a vacinação contra o tétano para mulheres em idade fértil. Durante todo o ano, as brasileiras que não tomaram a vacina nos últimos 10 anos devem procurar os postos de saúde para se prevenir contra a doença. Segundo Jarbas Barbosa, o tétano é muito grave tanto para a mãe quanto para a criança, no período da gestação. “Hoje essa doença é muito rara no Brasil, mas mata cerca de 70% das crianças que a adquirem”, alertou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Toffoli defende saída “diagonal” para isolamento por novo coronavírus
DOURADOS
Délia segue ideia de Bolsonaro e convoca população a jejuar e orar contra o coronavírus
TRIBUTO
Detran-MS altera calendário de licenciamento de 2020
DOURADOS
Com 1º caso completando uma semana, Comitê ainda não faz projeção de infectados pelo coronavírus
VOTAÇÃO ELETRÔNICA
MPE define lista tríplice para o cargo de procurador-geral nesta sexta-feira
CUIDADOS
MP Eleitoral fiscaliza uso abusivo de ações contra covid-19 nas eleições municipais no Estado
IMUNIZAÇÃO
Ministério da Saúde altera os grupos alvos nas fases de vacinação contra a Influenza
REPATRIADOS
Vindos da Bolívia, 150 brasileiros começam a chegar em Corumbá
GESTÃO DO COVID-19
Bolsonaro é aprovado por 33% e Ministério da Saúde por 76%, diz Datafolha
NAVIRAÍ
Ação conjunta entre PM e PF tem 2 mil pacotes de cigarros apreendidos

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
CRIME AMBIENTAL
Pescador é flagrado com barco, motor de popa e petrecho de pesca
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações