Menu
Busca terça, 22 de outubro de 2019
(67) 9860-3221

Médico é flagrado trocando Viagra por votos no Piauí

10 agosto 2002 - 11h58

Já está em liberdade o médico Aarão Luiz Mendes, da Fundação Municipal de Saúde da capital do Piauí. Ele foi flagrado por agentes da Polícia Federal, na noite de quinta-feira, trocando votos por remédios na cidade de Beneditinos, a 80 quilômetros ao Norte de Teresina. Entre os medicamentos mais procurados pelos eleitores estava o Viagra, usado para combater impotência sexual.
O médico realizava consultas médicas e distribuía remédios em um comitê político, segundo policiais federais, em troca de votos para os deputados estaduais Pompílio Evaristo (PSDB), candidato a reeleição, e Antônio José de Moraes Souza (PMDB), candidato a deputado federal, vice-presidente nacional da Confederação Nacional da Indústria, irmão do ex-governador Francisco de Moraes Souza, o Mão Santa, cassado sob acusação de usar a máquina estatal para fins eleitoreiros.
Aarão foi preso após denúncias feitas ao Ministério Público Eleitoral do Piauí pelo promotor de Justiça da cidade de Beneditinos, Cláudio Bastos Lopes, que solicitou imediata ação da Polícia Federal.
No comitê político de Pompílio Evaristo, que é cunhado do deputado federal Átila Lira (PSDB), e de Antônio José Moraes Souza, os agentes federais encontraram farto material eleitoral e ainda 200 frascos de medicamentos, entre eles xaropes, vitaminas, antibióticos e até Viagra. Foram apreendidos também bonés, adesivos e cartazes dos candidatos. O comitê fica em frente ao Fórum da cidade de Beneditinos.
O médico Aarão Filho foi encaminhado para a sede da Polícia Federal do Piauí, no Centro de Teresina, onde ficou preso por quase 24 horas. Ele foi solto ontem à noite, após pagar fiança sob determinação do juiz da 47ª zona eleitoral do Piauí, Francisco das Chagas Moreira Silva.
O médico responderá por crime eleitoral e os candidatos que seriam beneficiados podem perder a chance de disputar as eleições deste ano ou pagar pesadas multas. Aarão Filho não quis falar sobre sua prisão.O deputado Moraes Souza negou que tenha comitê em Beneditinos. Já Pompílio Evaristo estava em campanha por cidades do interior do Piauí e não foi encontrado para falar sobre as acusações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO NOVO
Homem que matou servente de pedreiro a coronhadas é preso
POLÍTICA
Senador Nelsinho Trad consegue liberação de recursos para três municípios
SANTA CATARINA
Menina de 7 anos morre ao cair do 18° andar de prédio em construção
AMAMBAI
Prefeitura abre concurso com 80 vagas e salários de até R$ 6.973
CRIME AMBIENTAL
Mecânico é preso e multado em R$ 1,3 mil com pescado fora medida
POLÍTICA
Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
TRÁFICO
Jovem de Minas Gerais é presa com maconha em ônibus na MS-156
FUTEBOL
Inter anuncia contratação do técnico Zé Ricardo até o final de 2019
POLÍTICA
Parceria público-privada na Sanesul sai até dezembro, diz Azambuja
QUARTA-FEIRA
Com Bolsonaro, Mourão e Maia fora, Alcolumbre assume presidência

Mais Lidas

DOURADOS
Criança de 1 ano da entrada na UPA com suspeita de overdose
MS-141
Acidente entre Ivinhema e Angélica envolve dois veículos
DOURADOS
Morre homem atropelado por motorista bêbado na BR-163
DOURADOS
PM é detido suspeito de extorquir produtores prometendo ‘segurança’ em área conflito