Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 9860-3221
ESTADO

MEC aprova 1ª Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UEMS

25 janeiro 2020 - 16h00Por Redação com Portal MS

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) inicia em março o seu primeiro programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, aprovado pelo Ministério da Educação (MEC). A seleção para as 18 vagas já ocorreu e as atividades iniciarão na primeira semana de março, juntamente com todas as residências do Brasil. Puderam participar profissionais das seguintes categorias profissionais: Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fonoaudiologia, Odontologia e Psicologia.

A Residência será mantida pela UEMS sob a forma de curso de especialização, na modalidade de ensino de Pós-Graduação lato sensu. A especialização tem como base orientadora os aspectos que perpassam o debate do Campo da Saúde Coletiva, os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Atenção Primária à Saúde, a partir das necessidades e realidades locais e regionais.

De acordo com o professor Antônio Grande, responsável pelo projeto, as atividades são de aprendizagem em serviço, isto é, o residente aprende planejando, elaborando e implementando ações de saúde nas Unidades Básicas de Saúde.

“A Residência Multiprofissional em Saúde da Família, elaborada por professores do curso de medicina, coloca a UEMS no cenário nacional de formação profissional em saúde para fortalecer o sistema único de saúde. A UEMS é pioneira no Estado em propor uma residência específica para atenção básica, focando na prevenção e promoção da saúde da população do Mato Grosso do Sul. Essa residência abrirá caminho para novos concursos em todos os municípios do MS, com profissionais capacitados na UEMS”, ressaltou Grande.

O curso será financiado por meio da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, do Ministério da Saúde (SGTES), e implantado em parceria com uma Instituição Executora (municipal, estadual ou federal) e pela UEMS – que será a Instituição Formadora.

A Residência terá uma duração mínima de dois anos. A estrutura curricular é composta por carga horária obrigatória de 5.760 horas, sendo 4.608 horas em atividades práticas, mais 1.152 horas teóricas distribuídas em 23 disciplinas.

O Programa de Residência Multiprofissional em Saúde e em Área Profissional da Saúde pertence à Área de conhecimento de “Ciências da Saúde”, Grande área da “Saúde Coletiva”, Área específica da “Atenção básica a saúde: Saúde da Família”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Mulher foi atacada com facão pelo filho sem motivo após ele beber
AGLOMERAÇÃO
Bolsonaro abraça pessoas e posa para fotos em padaria de Brasília
CAMPO GRANDE
Condenado a 13 anos, homem é preso sete anos depois do crime
UFGD
Inscrições para contratação de professor visitante vão até o dia 17
RIBAS DO RIO PARDO
Caseiro atira contra ‘invasores’ e descobre que eram parentes do patrão
SOLIDARIEDADE
Campanha do Agasalho Abevê espere arrecadar 38 mil peças de roupa
DOURADOS
Inova Unigran desenvolve protótipos de protetores faciais para doação
ESTALIONATO
Produtor rural perde cerca de R$ 123 mil em golpe de venda de gado
RURAL
MS deve registrar safra de 11 milhões de toneladas, maios da história
TRÊS LAGOAS
Motorista é preso após digirir bêbado por mais de 30 quilômetros

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
DOURADOS
Assassinos de homem no Parque das Nações roubaram celular de testemunha
DOURADOS
Na volta ao atendimento, populares formam filas longas em frente a agências bancárias
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí