Menu
Busca segunda, 16 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Maurren Maggi será julgada por doping em janeiro

02 dezembro 2003 - 12h16

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) marcou para o próximo dia 19 de janeiro o julgamento da atleta Maurren Maggi, que está suspensa preventivamente por ter sido flagrada em um exame antidoping durante o Troféu Brasil, em São Paulo, no mês de junho.Por causa da suspensão preventiva, Maurren Maggi foi impedida de participar do Pan-Americano de San Domingo, na República Dominicana, em agosto.A saltadora era favorita ao ouro na República Dominicana. Em março, no Mundial indoor de Birmingham, na Inglaterra, ela ganhou o bronze.Em setembro, o Ladetec, laboratório carioca credenciado pelo Comitê Olímpico Internacional para realizar exames antidoping, detectou clostebol também na amostra B do exame da atleta.A droga faz parte do grupo dos esteróides anabólicos, substâncias que aumentam a força e a potência muscular.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PELA VIDA
Dourados terá “Concerto para a Vida“ no dia 28
MEIO AMBIENTE
“Operação Mata Atlântica em Pé” deflagra 3ª edição com participação de MS e 16 Estados
MATO GROSSO DO SUL
Debate sobre direito ambiental em MS resulta na edição de enunciados
COMER BEM
Restaurante Cheiro Verde
DOURADOS
Motorista foragido desde que família foi feita refém tem habeas corpus negado
EDUCAÇÃO
MEC lança portal para emissão da carteirinha digital
NOTA FISCAL
Atenção varejistas: o prazo do credenciamento da Nota Fiscal Eletrônica está acabando, a Visual Informática tem um recado para você
ECONOMIA
Brasil eleva em 9,5% comércio com EUA, mas diminui com outros países
RIO BRILHANTE
Cocaína é apreendida em tanque de combustível de veículo
DOURADOS/PONTA PORÃ
Traficante é preso com mais de 1t após perseguição na BR-463

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre e três ficam em estado grave em acidente na MS-429
MS
Motorista morre após bater carro em árvore em rodovia
POLÍCIA
Adolescente capota carro com droga na BR-463
DOURADOS
Jovem é preso com cocaína e crack avaliados em R$ 100 mil na rodoviária