Menu
Busca domingo, 15 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Matador de Morel é transferido para Curitiba

12 dezembro 2003 - 19h01

A Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública confirmou hoje a transferência do preso Odair Moreira da Silva, da Penitenciária de Segurança Máxima "Harry Amorim Costa", em Dourados, para o presídio de Piracoara, em Curitiba, no Paraná. Odair responde a 38 anos de prisão pelo assassinato do traficante João Morel, entre outros crimes. Além de Odair, também foi transferido Carlos Alberto dos Santos, condenado a 38 anos por homicídio na região de Três Lagoas. Em troca, vieram para a PHAC Fábio Arce de Moura, que já cumpriu pena em Dourados e havia sido removido para Campo Grande e Carlos Alberto dos Santos, de Curitiba. De Campo Grande, foram transferidos José Severino da Silva, o Cabecinha, Geraldo Ney Braga e Sebastião Nunes Siqueira e chegaram Robson Natal, o Faustão, Fábio Carlos Martins e Anacleto Roberto Amorin. A greve de fome entre os presos também chegou ao fim hoje na penitenciária da Capital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Motorista é flagrado na tentativa de transportar 20 mil pacotes de cigarros contrabandeados
ECONOMIA
Taxa básica de juros será definida nesta semana
DOURADOS
Jovem é preso com ecstasy e diz que venderia "bala" para comprar convite de festa
MÚSICA
Morre em SP o cantor Roberto Leal, aos 67 anos
DOURADOS
Homem é atingido com facadas e tijolada durante discussão
OPORTUNIDADE
Mais de 1,8 mil brasileiros fazem hoje o Encceja Exterior
POLÍCIA
Homem é preso com droga que iria para Goiânia
POLÍCIA
Adolescente capota carro com droga na BR-463
DOURADOS
Morre no Hospital da Vida jovem encontrado caído inconsciente às margens de rodovia
ALERTA
Sem previsão de chuva em MS, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista faz ‘strike’ de motos no Centro e deixa três feridos
DOURADOS
Força-tarefa tira mais de 20 veículos de circulação na Coronel Ponciano
TRAGÉDIA
Cantor sertanejo morre em acidente de carro no MS
DOURADOS
Armados, indígenas se aproximam de seguranças em área invadida na Perimetral Norte