Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Margarida adia sonho da eleição de deputada

04 agosto 2006 - 06h17

Após ver inviabilizada, dentro do próprio partido, a sua candidatura à deputada federal, a vereadora Margarida Gaigher (PT) anunciou ontem, em coletiva à imprensa, a desistência da disputa por uma vaga na Assembléia Legislativa. A decisão já havia sido oficializada junto ao diretório estadual do PT e protocolada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), no final da tarde de anteontem. No seu escritório político, acompanhada de assessores, a presidente da Câmara falou aos jornalistas os motivos que a levaram a desistir. “Desde o início, logo após a reeleição para a Câmara de Vereadores, vínhamos construindo um projeto, que não era pessoal, mas de todo um grupo, de disputar a eleição de deputada estadual, como candidata única do partido em Dourados. Mas o partido avaliou que pela densidade do nosso colégio eleitoral [129 mil eleitores], havia espaços para mais de uma candidatura, tanto para estadual como para federal. Então, passamos a trabalhar com a idéia de pleitear uma vaga na chapa de candidatos a deputado federal”, disse. Segundo Margarida, no encontro estadual que o PT realizou em Campo Grande, no último dia legal para definições, seu nome foi colocado na chapa para deputado federal, inclusive com respaldo das principais lideranças do PT, como o vice-governador Egon Krakhecke e o prefeito Laerte Tetila. “No entanto, atendendo a direção estadual do partido e o senador Delcídio do Amaral, aceitamos abrir mão e colocamos nosso nome para deputado estadual, juntamente com outros nomes de Dourados, em favor de um projeto maior, que é a eleição dos nossos candidatos ao governo, Senado e a presidente”, explicou. Na ocasião, o comando da campanha petista entendia que candidatura única poderia ser prejudicial para a chapa majoritária (governo e senado). Fora da disputa, Margarida vai assumir, a convite de Delcídio, a coordenação regional da campanha do candidato ao governo. Disse que vai participar efetivamente da campanha e reafirmou o compromisso com seu partido e com o projeto político de esquerda em Dourados e no Estado. Também afirmou que a princípio não definiu quem apoiar. Indagada pelos repórteres, não descartou apoio ao também vereador José Carlos Cimatti, que disputa a eleição de deputado estadual pelo PSB. “Talvez ainda nesta semana vamos reunir todo o grupo político para decidir. Não vamos impor nada, podemos apoiar alguém do PT como também de algum partido aliado. Apoiar o Cimatti não é impossível. É uma pessoa querida, que goza de prestígio entre todos nós”, disse. Sobre o futuro político, Margarida disse que a princípio deve pleitear, no mínimo, a reeleição. Questionada sobre possível candidatura à prefeita foi lacônica: “Administrar a prefeitura da segunda maior cidade do Estado é um sonho de todo político. Não fizemos essa discussão ainda. Mas que é instigante, é”. Margarida disse que não cogita deixar o PT, partido no qual milita desde 1989. Também disse que não sai da disputa carregando mágoa. “Sou partidária. Em tudo na vida, às vezes temos que abrir mão de projetos pessoais, ou de um grupo, em favor do coletivo, de uma causa maior”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BATAGUASSU
Carregada com fertilizante, carreta tomba na rodovia BR-267
POLÍTICA
José Paulo Martins vai assumir interinamente Secretaria da Cultura
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Mulher é presa em rodoviária após fugir de hotel sem pagar conta
FILAS
Ministério Público quer barrar contratação de militares pelo INSS
RURAL
Semagro discute com setor produtivo criação do fundo agropecuário
SAÚDE
Anvisa interdita todas as marcas de cerveja Backer vendidas no país
RIBAS DO RIO PARDO
Malote com mais de R$ 37 mil de lotérica é roubado por dupla em moto
ECONOMIA
Feriados em dias úteis podem gerar perda de R$ 20 bilhões este ano
CORUMBÁ
Polícia pede prisão preventiva de pai que estuprou criança e ainda filmou
INTERNACIONAL
Bolsonaro deve assinar de 10 a 12 acordos comerciais em viagem à Índia

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
DOURADOS
'Rua do medo' tem dois entregadores assaltados em 10 dias
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados