Menu
Busca segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
DESARMAMENTO

Mais de mil armas de diversos calibres são destruídas em MS

21 setembro 2017 - 13h20

Pelo menos 1.260 armas de diversos calibres foram destruídas ontem (21), no Estado, além de 315 lunetas, 19 miras telescópicas e outros acessórios que somam um total de 97. Esses produtos são provenientes de processos judiciais e a maioria com origem criminal, sendo resultado de 10% a 15% da Campanha Nacional de Desarmamento em todo o Mato Grosso do Sul.

A ação contou com a presença do Comandante da 9ª Região Militar, General de Brigada Carlos Henrique Teche, do Comandante do 9º B Sup, Coronel Pedro Alexandre Lessa Varandas. Na destruição foi empregado um rolo compactador pertencente ao 9º Batalhão de Engenharia de Construção (9º BEC) de Cuiabá (MT).

As destruições realizadas garantem o cumprimento do Artigo 25 da Lei n. 10.826/ de 22 de dezembro de 2003 (Estatuto do Desarmamento), retirando de circulação armamentos e acessórios utilizados em ações criminosas e contribuindo com o aumento da segurança da população.

"Os armamentos pré-destruídos são armazenados e serão encaminhados posteriormente para destruição final, na siderúrgica de Corumbá, provavelmente, ainda neste ano. Quem ganha é a sociedade, pois devido ao processo legal, a justiça determina a destruição e nós realizamos o controle para evitar que essas armas voltem para mãos de criminosos", destacou o General Teche.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPRENSA
Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados completa 29 anos de luta
CORUMBÁ
Homem perde perna e braço após ser atropelado por trem
DOCUMENTO
Carteira de Motorista com chip é adiada para o final de 2022
EDUCAÇÃO
Inscrições para o Vestibular indígena Teko Arandu começam nesta segunda
FACILIDADE
Pedidos de indenização do DPVAT podem ser feitos por smartphone
BRASIL
Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele
POLÍCIA
Dados da Sejusp apontam redução da criminalidade em MS neste ano
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e sobe a R$ 3,92, com temores de desaceleração global
DINHEIRO PÚBLICO
Decreto torna mais rígida a tramitação de processos de licitação em Dourados
PANTANAL
Pedágio na ponte sobre o rio Paraguai é reajustado

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Criança morre no HV três dias após ser atropelada na Cachoeirinha
DOURADOS
Dupla é presa por tráfico de drogas na Vila Mariana
INVESTIGAÇÃO
Brasileira desaparecida na Austrália é encontrada morta em praia