Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
DIA NACIONAL DE PARALISAÇÃO

Protestos reúnem mais de 300 pessoas no Centro de Dourados

29 maio 2015 - 11h43

Foi realizada na manhã desta sexta-feira (29), o ‘Dia Nacional de Paralisação e Manifestação’ contra o Projeto de Lei da Terceirização, 4330/04, medidas provisórias 664 e 665 e o ajuste fiscal. O ato foi realizado nacionalmente e em Dourados, aconteceu na praça Antônio João, reunindo mais de 300 pessoas entre elas professores da rede estadual e alunos, lideres sindicais, professores e acadêmicos da UFGD (Universidade da Grande Dourados), técnicos administrativos entre outros.

Com cartazes, faixas e gritando palavras de ordem, os manifestantes seguiram da Praça Antônio João, pela avenida Marcelino Pires até a igreja do relógio e depois voltaram.

De acordo com a diretora do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados), Gleice Jane Barbosa, a convocação foi feita por parte do Comitê de Defesa Popular junto com as centrais sindicais.

“O comitê que convocou os lideres sindicais para participarem dessa manifestação, estão participando ADUF-UFGD, bancários, centrais sindicais e movimentos sociais. Além do projeto que regulamenta a terceirização em atividades fins (PL-4330) e as medidas provisórias, nossa luta é contra a PL 1411 que propõe o cerceamento ideológico nas instituições educacionais e penaliza os educadores”, explica Gleice.

A medida provisória 664 muda as regras para a concessão do auxilio- doença e pensão por morte e contra a medida provisória 665, dificulta o acesso ao abono salarial e o seguro desemprego.

Segundo o presidente da ADUF- Dourados (Associação dos Docentes da UFGD), Fábio Perboni, a luta é de todos os trabalhadores.

“Essa paralisação é nacional e reúne a CUT (Central Única dos Trabalhadores) a CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil), o Sindicato dos Bancários entre outros, é uma atividade nacional e para entendimento do sindicato a terceirização, é um ataque aos trabalhadores”, disse o presidente.

As agências bancárias da cidade também paralisaram as atividades pela manhã, voltando atendimento ao público após as 12hs.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Maísa Silva, de 16 anos, posta foto de biquíni e rebate assediador: "Nojento"
COSTA RICA
Serralheiro é preso sob suspeita de abusar criança de 5 anos em quitinete
OPORTUNIDADE
De máquina de escrever a estante, leilão oferta 12 lotes a partir de R$ 100
POLÍTICA
Bolsonaro sai em defesa de Tereza Cristina: ela tem nossa confiança
CAMPO GRANDE
Homem que se jogou do nono andar de hotel passa por cirurgia no braço
CONCURSOS
Ao menos 13 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 1300 vagas
CAMPO GRANDE
Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro destruído pelo fogo
CONCURSO
Itaporanense conquista o título de Mister Personalidade de Las Américas
IGUATEMI
Mulher contratada por presidiário é presa com explosivos na MS-295
EMPREGO
Idosos no mercado de trabalho é recorde, mas sem carteira assinada

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados
CACHOEIRINHA
Mulher denuncia e marido é encontrado em ponto de distribuição de drogas