Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Máfias do crime organizado continuaram a ser combatido no MS

07 janeiro 2004 - 09h55

O presidente da Associação Sul-mato-grossense do Ministério Público, Gerardo Eriberto de Moraes, disse agora há pouco, que o Gaeco (Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado) vai continuar direcionando suas investigações contra a máfia dos combustíveis, sonegação fiscal, máfia dos presídio e outras organizações criminosas do Estado.Segundo ele, depois do atentando que acabou queimando cinco veículos do Ministério Público, que estavam no pátio da instituição, no último domingo, ao invés de servir como intimidação, acabou contribuindo para motivar mais a ação do Gaeco. Ele lembrou ainda que a sede do órgão poderá mudar de local e melhorar as medidas de segurança com a instalação de câmeras e cercas elétricas para melhorar a segurança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Greve não impacta preço dos combustíveis, diz Petrobras
TECNOLOGIA
Empresários de MS receberão R$ 2 mi para incentivar produtos e serviços inovadores
DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DEFINIÇÃO
Nomeados novos membros do Comitê Estadual para Refugiados, Migrantes e Apátridas de MS
KIT RONI
Em apreensão, policiais encontram “kit” que transforma pistola em submetralhadora
DEFRON
Mais de 15t de drogas são incineradas no Distrito Industrial em Dourados
PAULISTÃO
Palmeiras e Guarani abrem hoje a sétima rodada
COLISÃO FRONTAL
Motorista foge após provocar acidente envolvendo ônibus com 20 universitários
RETA FINAL
Cartório Eleitoral de Dourados volta a realizar cadastro biométrico após interrupção
REGIÃO
Trabalhador de fazenda é encontrado morto em Santa Rita do Pardo

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018