Menu
Busca sexta, 21 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Mãe de presos teme mais uma rebelião na Máxima da capital

09 dezembro 2003 - 18h29

A mãe de um detento que cumpre pena no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima), Maria Madalena, afirmou hoje ao Campo Grande News que tem uma rebelião na prisão este fim de ano. Conforme Maria, a superlotação seria o principal motivo de uma possível revolta. “Fico preocupada quando eles estão em silêncio”, revela. Seu filho está há 3 anos detido na Máxima por assalto a mão armada e receptação. A Afae (Associação dos Familiares e Amigos dos Encarcerados) afirma que é contra qualquer revolta e trabalha apenas para que as reivindicações dos detentos sejam cumpridas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Dias Toffoli assumirá Presidência da República na próxima semana
ELEIÇÕES/2018
MP Eleitoral impugna candidatura de Delcídio do Amaral
ECONOMIA
Brasil cria 110,4 mil empregos com carteira assinada em agosto
GAMBIARRA
Foragido usa papel alumínio para "enganar" tornozeleira eletrônica
EMOÇÃO
Mãe e filha se reencontram em Dourados 32 anos após terem se “perdido”
EDUCAÇÃO
Uems publica resultado de concurso público para professor e convocação
OMS
Álcool matou mais de 3 milhões de pessoas no mundo em 2016
DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
APREENSÃO DE DROGAS
Farejadores flagram mais de 200kg de cocaína dentro de caminhão munck
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda pelo 3º dia, cotado a R$ 4,04

Mais Lidas

DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
DOURADOS
Polícia fecha entreposto de drogas e prende três no Jardim Colibri
DOURADOS
Esquema começou há 1 ano e maconha era armazenada em pneus
DOURADOS
PF apreende mais de 150 quilos de cocaína na Guaicurus