Menu
Busca sábado, 23 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Mãe de presos teme mais uma rebelião na Máxima da capital

09 dezembro 2003 - 18h29

A mãe de um detento que cumpre pena no EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima), Maria Madalena, afirmou hoje ao Campo Grande News que tem uma rebelião na prisão este fim de ano. Conforme Maria, a superlotação seria o principal motivo de uma possível revolta. “Fico preocupada quando eles estão em silêncio”, revela. Seu filho está há 3 anos detido na Máxima por assalto a mão armada e receptação. A Afae (Associação dos Familiares e Amigos dos Encarcerados) afirma que é contra qualquer revolta e trabalha apenas para que as reivindicações dos detentos sejam cumpridas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mel Lisboa posta clique de ensaio só de calcinha e salto: "Sensualizani"
OPORTUNIDADE
Leilão do Governo do Estado tem Renault Logan por R$ 1,5 mil
DOURADINA
Motorista fica preso em ferragens após caminhão tombar na MS-470
UFGD
Programa de Monitoria recebe propostas a partir de segunda
JAPORÃ
Polícia Militar captura autor de estupro contra adolescente
EDUCAÇÃO
Aberta as matrículas para os convocados na 1° chamada do IFMS
PONTA PORÃ
Veículo roubado na Bahia é apreendido com 273 quilos de maconha
JUSTIÇA
Universidade deve indenizar formando por cobrar dívida inexistente
TERENOS
Dois são autuados por exploração de madeira e uso de motosserra
UFGD
Terminam no domingo as inscrições para seleção de estagiários

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito nega envolvimento, mas é autuado por latrocínio
DOURADOS
Assassinato de andarilho pode ter ocorrido dentro de barraco
DOURADOS
Corpo encontrado carbonizado seria de andarilho
NESTA MADRUGADA
Corpo carbonizado é encontrado em Dourados