Menu
Busca quarta, 22 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Lula vai sancionar lei que coíbe violência contra a mulher

01 agosto 2006 - 11h38

Após a aprovação na Câmara dos Deputados e no Senado, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionará no próximo dia 7 de agosto, às 12 horas (horário de Brasília) o a Lei n.º 37/2006, que coíbe a violência contra a mulher no País. De acordo com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Governo Federal (SPM/PR) essa é “mais uma conquista das mulheres brasileiras no âmbito do enfrentamento à violência contra a mulher no Brasil”. A lei conceitua e define a violência física psicológica, sexual, patrimonial e moral, vivenciada pelas mulheres no dia-a-dia, além de determinar o encaminhamento de mulheres em situação de violência, assim como seus dependentes a programas e serviços de proteção. A proposição aprovada autoriza a criação, no âmbito estadual, de juizados e varas especiais de atendimento à violência contra a mulher com competência cível e criminal. A lei na íntegra pode ser lida no site www.planalto.gov.br/spmulheres (no link Legislação). Maiores Informações: (67) 3318-1081 e (67) 3318-1006

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estado abre inscrições para cadastro de profissionais para atuar na educação profissional
COMÉRCIO
CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
MS
Pesca na piracema rende multa de R$ 2,5 mil para homens flagrados pela PMA
BRASIL
Ministério aponta mais de 1,8 milhão de inscrições no primeiro dia de Sisu
DOURADOS
Polícia descobre entreposto do tráfico no Piratininga e homem é preso
Agronegócio
O Showtec reunirá as maiores empresas e os lançamentos mais importantes para o Agro nacional
DOURADOS
Produtores rurais exibem vídeos à Força Nacional e relatam clima de guerra
ECONOMIA
Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
STJ
Negada liberdade a torcedor do Fluminense acusado de agressão que resultou em morte de vascaíno
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Em primeiro ano de mandato, Marçal cria leis de impacto estadual

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
POLÍCIA
Mulheres são presas com malas ‘recheadas’ de maconha no Jardim Santo André
POLÍCIA
Participante de fuga em massa no Paraguai é recapturado em MS