Menu
Busca quarta, 20 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Lula convoca Congresso e irrita João Paulo Cunha

19 dezembro 2003 - 13h15

A contragosto do presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), o Governo determinará hoje a convocação do Congresso Nacional em janeiro para concluir a votação da chamada PEC (Proposta de Emenda Constitucional) paralela da Previdência.A notícia, divulgada hoje pelo líder do governo no Senado, Aloizio Mercadante (PT-SP), irritou João Paulo, que classificou a convocação como "errada e um escândalo"."Se o Palácio convocou, está errado, é isso. Eu discordo do presidente Lula. Está errado convocar. A Câmara está fora disso. Nós não temos responsabilidade nenhuma nessa convocação", disse o presidente da Câmara.Apesar das críticas, afirmou, no entanto, que a Câmara cumprirá seu papel em janeiro. "Se foi convocado a gente vai estar aqui. Mas como é só a PEC paralela, não tem plenário, vai para a CCJ e será designado o relator que terá prazo para recebimento de emendas. É inócuo convocar porque você não conseguirá fazer no tempo necessário."Mercadante, inclusive, divulgou as datas dos trabalhos, que serão entre 20 de janeiro e 15 de fevereiro. O anúncio da convocação deverá ser oficializado hoje. O custo da convocação será de cerca de R$ 50 milhões. Cada deputado e senador receberá dois salários. Só com os salários de deputados e senadores a União deve desembolsar pouco mais de R$ 15 milhões. João Paulo disse que serão pagos para nada. "Para que convocar? Vai pagar dois salários para não ter nenhuma produção. Agora se houver convocação, nenhum deputado deve abrir mão do salário extra."Nesta manhã, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), defendeu a convocação durante a sessão de promulgação das reformas da Previdência e tributária. "Eu, pessoalmente, acho que nós nos comprometemos no Senado com a votação da PEC paralela", afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Mulher de Taison chama atenção ao renovar bronze em praia da Rússia
CONCORRÊNCIA
Senado aprova projeto que autoriza venda direta de etanol a postos
UFGD
Ex-ministro dos Direitos Humanos faz palestra dia 26 em Dourados
TRÊS LAGOAS
Homem é preso acusado de sequestrar secretária para roubar caminhonete
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para exames de proficiência em língua estrangeira
VÍNCULO AFETIVO
STJ garante direito de visita a animais de estimação após separação
CONCURSO
Comarca de Bonito selecionará estagiários de Administração
JUSTIÇA
Homem é condenado por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
FUTEBOL
Alberto Valentim deixa o Botafogo para dirigir time do Oriente Médio
ABIGEATO
Propriedades rurais são alvo de ladrões de gado em Nova Andradina

Mais Lidas

DOURADOS
Dupla é presa por tentativa de homicídio contra vendedor de espetinhos
TRAGÉDIA
Vítimas fatais de acidente na BR-262 são identificadas
FRONTEIRA
Pecuarista é executado a tiros durante emboscada
MANIFESTO
Educadores se unem por aumento, mas apenas magistério terá reajuste