Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Líder de Nelsinho diz que governantes são culpados por genocídio

01 março 2005 - 14h31

Considerando inoportuna a tentativa de partidarização do debate envolvendo a situação que vem passando os índios guarani-kaiowá-ñandeva da região de Dourados, onde só neste ano morreram seis crianças vitimadas pela inanição, o líder do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) na Câmara de Campo Grande, vereador Athayde Nery (PPS),  disse que que a paternidade desta barbárie “é de todos nós”, lembrando que ninguém pode fugir à responsabilidade. “Fernando Henrique, Lula, Zeca do PT, Wilson Barbosa Martins e Pedro Pedrossian são responsáveis”, disse ele, citando presidentes da República e governadores de Mato Grosso do Sul dos últimos tempos. Para ele, até mesmo o prefeito de Dourados, Laerte Tetila, apesar de ser sensível a questão, tem também que responder pelas mortes. “Os governantes é que estabeleceram este processo de genocídio, mas temos que enfrentar o problema de frente”, discursou. A criação do Conselho de Defesa dos Direitos do Índio será debatida na próxima quinta-feira, às 14 horas, no Plenarinho da Câmara Municipal de Campo Grande, e servirá como um canal de comunicação com o poder público, para que ações preventivas sejam desenvolvidas, e como alternativa para que a população indígena seja incluída “na nossa sociedade dita civilizada”, ressalta Athayde, ao convidar os colegas para esse debate.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IGUATEMI
Conduta de cabo que matou sogro a tiros em fazenda será investigada
AEDES AEGYPTI
Paraguai decreta situação de emergência por conta da dengue
CAPITAL
Mulher desaparece após dizer que iria fazer tratamento em hospital
BRASIL
BC lança sistema que promete transferir dinheiro em até 10 segundos
CAMPO GRANDE
Após ser diagnosticada com doença rara, menina de 5 anos morre em hospital
REGIÃO
Procon aciona MPE para combater abusos na venda de combustíveis
JUSTIÇA
Réu por assassinato, filho foi escondido pela mãe o tempo todo
BRASIL
CGU vai fiscalizar os municípios de Caracol e Miranda em 2020
CRISE
Força Nacional será enviada ao Ceará após motim e tiros contra Cid Gomes
OPORTUNIDADE
Hospital Regional abre edital para processo seletivo com 27 vagas para profissionais da saúde

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018