Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 9860-3221

Justiça nega pedido, e ex-governador de Roraima é libertado

06 dezembro 2003 - 14h59

Foi libertado nesta madrugada da cadeia pública de Boa Vista (RR) o ex-governador Neudo Campos (PP), 55, preso havia dez dias sob a acusação de ser o mentor do chamado "escândalo dos gafanhotos", que pode ter desviado mais de R$ 230 milhões dos cofres públicos em Roraima.A Justiça Federal não acatou pedido de prisão preventiva para o político, solto com mais 37 pessoas. Campos foi detido em Brasília durante a operação "Praga do Egito", deflagrada por 200 agentes da Polícia Federal, que tinha o objetivo de cumprir 57 mandados de prisão, além de ordens de busca e apreensão, inclusive na casa do ex-governador, em Boa Vista, onde foram retirados dois carros cheios de material.A Procuradoria da República tentou manter preso o ex-governador pedindo prisão preventiva (válida por 80 dias) para ele, mas a Justiça Federal não acolheu os argumentos de possibilidade de coação de testemunha e obstrução das investigações com as solturas dos acusados.Enfraquecimento"A decisão da Justiça não enfraquece em nada o nosso trabalho. Ainda não li o despacho do juiz [Helder Girão Barreto], mas creio que ele esteja bem fundamentado. Infelizmente não conseguimos reunir todos os elementos necessários para que o ex-governador continuasse preso", declarou o procurador da República Carlos Mazzocco.Outras três pessoas, porém, todos ex-deputados estaduais, vão permanecer na cadeia pública porque tiveram a preventiva autorizada pela Justiça."As pessoas que vão continuar presas são aquelas que conseguimos reunir provas robustas de que estavam coagindo testemunhas ou tentando produzir provas falsas para obstruir o andamento dos trabalhos", disse o procurador da República.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Camila Alves resgata foto com barriga chapada e diz: "antes das crianças"
AMAMBAI
Homem de 43 anos morre após sofrer mal súbito no local de trabalho
ECONOMIA
Conta de luz pode ter aumento de 15% a partir de abril em MS
JUDICIÁRIO
STF adia julgamento sobre compartilhamento de dados da Receita
CRIME AMBIENTAL
Paulistas são multados em R$ 2,5 mil por transportar pescado ilegal
CAPITAL
Com dores e febril após parto, mulher expele pano durante o banho
LEÃO
Receita recebe quase 5 milhões de declarações do IR em duas semanas
CORUMBÁ
Pai e 2 filhos são presos ao manter depósito de combustível no quintal
CONCURSO
Governo abre seleção profissionais para gestão de recursos hídricos
SAÚDE
STJ autoriza João de Deus a deixar prisão para tratamento médico

Mais Lidas

DOURADOS
Tripla colisão deixa dois feridos em cruzamento movimentado
DOURADOS
Universitária morre no HV quatro dias após acidente de moto
RIO BRILHANTE
Dono de oficina baleado pela manhã morre no Hospital da Vida
OPERAÇÃO PREGÃO
Investigações apontam assinatura de morta em contrato de empresa de refrigeração com prefeitura