Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Justiça condena Bradesco a reintegrar funcionário

01 agosto 2006 - 09h35

No dia 21 de julho, o Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, através do departamento jurídico conseguiu a reintegração do bancário do Bradesco Urbana de Dourados Antonio Carlos Ueno, demitido de forma arbitrária pelo banco.Antonio Carlos Ueno contava na data da demissão sem justa causa com mais de 34 anos de contribuição à Previdência Social.O Sindicato postulou na justiça a reintegração do trabalhador com amparo na cláusula 24ª da Convenção Coletiva de Trabalho que garante a estabilidade pré-aposentadoria a quem está a 1 ano ou menos de implementar as condições para se aposentar pelo INSS (instituto Nacional de Seguro Social) por tempo de serviço.A 1ª Vara do Trabalho de Dourados reconheceu o direito do bancário do Bradesco e expediu liminar de reintegração ao mesmo. Ontem ele compareceu ao Banco acompanhado de um Oficial de Justiça, para retomar suas funções.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Escolas devem responder questionário sobre gravidez na adolescência
CAPITAL
Adolescente nega ter estuprado irmãos e é liberado
EM BRASÍLIA
Secretário discute integração de órgãos de segurança pública
POLÍTICA
Bolsonaro assina Projeto de Lei Anticrime
GERAL
Concurso da Educação registra 18% de abstenção para administrativos e 2% para o Magistério
DOURADOS
Jornalistas planejam programação de 30 anos do Sinjorgran
DOURADOS
Candidato à reeleição da Cassems, Ayache fala sobre conquistas e propostas na nova gestão
OPERAÇÃO FANTOCHE
Alvo da PF, Fiems diz que federais buscavam informações sobre contratos entre 2010 e 2013
SAÚDE
SUS oferece atendimento gratuito às pessoas que sofrem com alcoolismo
CHEIRO DE POLÊMICA?!
Zé Loreto é criticado por suposto caso com Marina Ruy Barbosa

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura