Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Juiz está ouvindo advogados de índios e fazendeiros

09 janeiro 2004 - 14h13

O juiz federal Odilon de Oliveira abriu há pouco o encontro em que vai tentar a mediação do conflito agrário provocado pela ocupação de fazendas na região de fronteira do Estado. A reunião acontece no pátio de entrada da fazenda São Jorge, em Japorã. Os índios promoveram muito barulho durante mais de 40 minutos, na entrada da fazenda, depois de recepcionarem o juiz e os advogados José Ipojucan Ferreira, que defende os interesses deles, advogados dos fzendeiros, da Funai, além do procurador da Justiça Federal Ramiro Rochemback. Odilon de Oliveira pretende ouvir todos os argumentos dos grupos interessados e só depois é que deve reunir-se com os procuradores e representantes da Funai, além das lideranças dos fazendeiros e indígenas, para apresentr uma solução. Dificilmente sai um acordo ainda hoje.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SERGIPE
Caminhão com 400 kg de maconha que saiu de MS e apreendido em Brasília
DOURADOS
Menor usa pistola de ar comprimido para roubar haitiana
JUDICIÁRIO
Ministério Público quer lei para acabar com 'farra das diárias' em Caarapó
MORTE DE LANZARINI
Dourados News emite nota de pesar pela morte de ex-prefeito
BOLADA
Após acumular pela 16ª vez, Mega Sena terá o 3º maior prêmio da história
BATAGUASSU
Polícia apreende quase sete quilos de passta base de cocaína em ônibus
SAÚDE
Novo Coronavírus: Brasil atualiza critérios para doação de sangue
39 QUILOS
Militar detido com cocaína na Espanha é condenado a 6 anos de prisão
BENEFÍCIO
Programa Vale Universidade recebe inscrições no dia 3 de março
DOURADOS
Dupla em motocicleta assalta homem que caminhava pela Via Parque

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
POLÍCIA
Ex-prefeito de Amambai Dirceu Lanzarini é ferido a tiros em atentado