Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Juiz deferiu quebra de sigilo bancário dos PMs presos

17 dezembro 2003 - 15h59

Os nove policiais militares presos em 18 de novembro, dia seguinte à fuga do traficante Romilton Queiroz Hosi, tiveram os sigilos bancário e telefônico quebrados por determinação do juiz Alexandre Antunes, da Auditoria Militar. Nos depoimentos prestados hoje, nenhum dos presos admitiu ter escoltado o preso da cela do Fórum até à 1ª Vara Criminal. Também não houve nenhuma declaração contundente que evidenciasse que houve facilitação.Ao longo do depoimento em vários momentos foram expostas situações de negligência, como a falta de contagem dos presos no retorno aos presídios e delegacias, após os depoimentos. Também não há um controle rigoroso de qual policial escolta qual preso. Outra situação apontada é que após a saída dos presos da cela do Fórum ela não foi revistada.Por enquanto, a Auditoria tem a confirmação de um escrevente da 1ª Vara de que o traficante foi escoltado pelo soldado Milton César Cunha. Ele negou hoje e disse que não viu o traficante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LADÁRIO
Acordo garante legalização das linhas de transporte intermunicipal de passageiros
LEGISLATIVO
Deputados devem votar cinco projetos nesta terça-feira
BRASILÂNDIA
Pai e filhos são condenados a mais de 80 anos de prisão por homicídios
PAZ NO CAMPO
PF faz operação para desarmar grupos indígenas em MS
PESQUISA
Subida do nível do mar preocupa cientistas
DOURADOS
Jovens são presos tentando arremessar drogas para dentro da Unei
POLÍCIA
Mulher é presa com droga na rodoviária de Dourados
TELEVISÃO
Lívia Andrade e MC Mirella batem boca durante programa do SBT
AGRONEGÓCIO
Governo federal aprova registro de mais 31 agrotóxicos, somando 169
BANCO DOS RÉUS
Julgamento da ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, começa hoje

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação
DOURADOS
Délia decreta estado de emergência por desmoronamento na Presidente Vargas