Menu
Busca quinta, 24 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SICREDI

Jovem encontrado decapitado em lixão foi sepultado em Dourados

Jovem encontrado decapitado em lixão foi sepultado em Dourados

05 outubro 2017 - 18h05Por Gizele Almeida e Osvaldo Duarte

Leoni de Moura Custódio,18, encontrado carbonizado e decapitado em um aterro sanitário em Campo Grande, era natural de Dourados e foi sepultado na cidade, no cemitério Bom Jesus, na tarde desta quinta-feira (05). 


O jovem estava desaparecido desde 28 de setembro.


Ele foi encontrado no sábado (30), mas, somente na tarde de terça-feira, dia 03 de outubro, o caso veio a tona, quando o pai da vítima fez o reconhecimento no IMOL (Instituto Médico Odontológico Legal).


Familiares de Leoni desconhecem motivos para o crime. O delegado Geraldo Marim, da 3ª DP (Delegacia de Polícia), irá investigar o caso.


Ainda não há informações sobre suspeitos do crime. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LIBERTADORES
Com novo técnico, Corinthians busca liderança contra Millonarios
CIDADES
Corumbá e Coxim recebem atendimento com o ‘Cassems Itinerante’ no fim de semana
EDUCAÇÃO
IFMS abre 195 vagas em cursos técnicos de nível médio
Vagas são para Aquidauana, Coxim, Dourados, Jardim e Três Lagoas. Inscrições são gratuitas e começam no próximo dia 30
ARTIGO
A greve dos caminhoneiros e a prática abusiva por parte dos empresários do ramos de combustível
DOURADOS
MP quer Agepen adotando medidas para garantir monitoramento na PED
ELEIÇÕES 2018
TSE define quanto cada partido receberá de fundo eleitoral
GASOLINA A R$ 5
Contra abuso nos preços, força-tarefa autua postos em Dourados
DOURADOS
Pedro Pepa pede apoio a deputado estadual para pavimentação de via
ESTOQUE BAIXO
Com estoques zerados, Hemosul convoca para doações de sangue
SUSTO
Pilotos sobrevivem a queda de aeronave da FAB no Rio

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Douradense morre em acidente na MS-270
RODOVIAS BLOQUEADAS
Greve dos caminhoneiros pode paralisar indústria em Dourados
MANIFESTAÇÃO
Caminhoneiros bloqueiam três trechos da BR-163 em Dourados
OPERAÇÃO OIKETIKUS
Gaeco volta às ruas contra "máfia do cigarro"