Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
INVESTIGAÇÃO

Joesley e Saud omitiram informações

10 setembro 2017 - 15h20

O ministro Luis Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, afirmou em decisão que decretou a prisão do empresário Joesley Batista e de Ricardo Saud, que os dois omitiram informações que era obrigados a prestar e que isso supendeu provisoriamente parte dos benefícios previstos no acordo de delação premiada feito pelos executivos da J&F, grupo dono da JBS.

Fachin destaca ainda que há elementos que Joesley e Saud poderiam, em liberdade, encontrar estímulos para ocupar parte "parte dos elementos probatório, os quais se comprometerem a entregar às autoridades em troca de sanções premiais mas cuja entrega ocorreu, ao que tudo indica, de forma parcial e seletiva".
Ao justificar a decisão de prender Joesley e Saud, Fachin afirma que os dois integram uma organização voltada à prática sistemática de delitos contra a administração pública e lavagem de dinheiro.

No documento divulgado neste domingo, Fachin justifica ainda o motivo de ter negado o pedido de prisão do ex-procurador da República Marcello Miller. Segundo o ministro, não são "consistentes" os indícios de que Miller tenha sido "cooptado" por organização criminosa. Ao encaminhar o pedido de prisão de Joesley e Saud, a Procuradoria-Geral da República também havia solicitado a prisão do ex-procurador.

LEIA A INTEGRA DA DECISÃO

Fachin retirou neste domingo (10) o sigilo do despacho que autorizou a prisão temporária de Joesley e Saud. A decisão foi tomada a partir do pedido de prisão apresentado, na última sexta (8), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMAMBAI
Morto a tiros em frente a conveniência era 'braço direito' de Jarvis Pavão
FESTA
Arraiá Universitário da UFGD será realizado nos dias 02 e 03 de agosto
GENERAL OSÓRIO
Mulher de 57 anos é assaltada quando trafegava de bicicleta
PRAZO
Inscrição para professores fiscalizar provas do Enem termina amanhã
PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
CLONE
Veículo roubado no Brasil é recuperado com deputado paraguaio