Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221

João Grandão diz que alinhamento já produz resultados

24 dezembro 2003 - 11h56

O deputado federal João Grandão, do PT, disse há pouco ao Dourados News que, ao contrário do que alguns segmentos têm afirmado, a política do alinhamento verticalizado já começa a produzir resultados práticos, a partir da confirmação da liberação dos recursos a fundo perdido da ordem de R$ 10 milhões, que beneficiarão vários bairros de Dourados com obras de drenagem e pavimentação asfáltica. Grandão disse que esse foi um trabalho de articulação durante mais de seis meses, e a confirmação da liberação da verba foi feita pelo secretário especial do presidente Lula, Gilberto de Carvalho, no começo desta semana. O deputado reiterou o compromisso do governador Zeca do PT e do prefeito Laerte Tetila e lembrou que durante a inauguração da ponte Alencastro, em Paranaíba, recentemente, o presidente da República confirmou a tramitação para a liberação desses recursos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Encceja 2019 registra meio milhão de inscritos no primeiro dia
EDUCAÇÃO
IFMS prorroga prazo de inscrições para cursos técnicos a distância
TRÊS LAGOAS
Ambiental multa produtor rural por desmatamento
CAMPO GRANDE
Shopping é condenado por assalto dentro do estacionamento
BRASIL
Governo nomeia Guimarães Neto para presidência da Embratur
ENCONTRO HOLÍSTICO
Terapeutas Holísticos de MS participam do Congresso Holístico Internacional em Bonito
DOURADOS
Quatro empresas serão notificadas para obras na Presidente Vargas
LEGISLATIVO
Portador de doença que necessite aparelhos não poderá ter energia cortada
DOURADOS
Mulher é presa tentando atear fogo na casa do ex
BRASIL
Campanha contra trabalho infantil começa amanhã com twittaço

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação