Menu
Busca quarta, 22 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Começa amanhã a 16ª Conferência Internacional sobre a Aids

12 agosto 2006 - 10h55

A 16ª Conferência Internacional sobre a Aids, com o lema "É hora de agir", será realizada de 13 a 18 de agosto, em Toronto, 25 anos depois do início da epidemia.Toronto é a terceira cidade do Canadá a abrigar a Conferência Internacional da Aids. As outras foram Montreal (1989) e Vancouver (1996), onde foi anunciado o tratamento anti-retroviral, que proporcionou uma redução na taxa de mortalidade da doença.A primeira Conferência Internacional sobre a Aids foi promovida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1985, em Atlanta (EUA). Em 1982 a síndrome de imunodeficiência adquirida (Aids) havia sido descrita e em 1983 o HIV fora identificado como causador da doença.Até 1994 as conferências eram anuais. Depois, passaram a ser realizadas a cada dois anos.Nas reuniões, realizadas em colaboração com comitês internacionais, a OMS pretende analisar a situação da Aids, as estatísticas por grupos de população, as descobertas científicas e as políticas adotadas pelos governos para enfrentar a doença.Os principais avanços destacados pela entidade são a cooperação internacional e o reconhecimento da necessidade de sintetizar uma vacina e aplicar políticas educativas.Conferências anterioresOs EUA acolheram a Conferência três vezes: Atlanta (1985), Washington (1987) e San Francisco (1990).Na Europa, foram sete conferências: Paris (1986), Estocolmo (1988), Florença (Itália, 1991), Amsterdã (1992), Berlim (1993), Genebra (Suíça, 1998) e Barcelona (Espanha, 2002).A Conferência de Paris, em 1986, estabeleceu o conceito de grupos de risco (homossexuais, usuários de drogas, hemofílicos). Em Estocolmo, os participantes defenderam a realização de testes com o AZT, o primeiro tratamento contra a aids, e o dia 1 de dezembro foi escolhido como o Dia Mundial da Aids.A esperança na criação de uma vacina marcou a Conferência de Florença, em 1991. Em Amsterdã, o aumento da contaminação de mulheres foi o destaque.No início dos anos 90 começou a aplicação dos tratamentos combinados com outras drogas anti-retrovirais. Em 1998, em Genebra, foi analisado o tratamento genético, que consiste na indução de mudanças no organismo com a manipulação de genes.Outro tema discutido foi a distância entre os países do Terceiro Mundo e os industrializados no tratamento e prevenção da doença. O assunto seria prioritário na Conferência de Barcelona, em 2002, quando aumentou a preocupação com a evolução da epidemia na América Latina e no Caribe.Na África, o continente mais afetado pela doença, houve apenas uma conferência, em Durban (África do Sul, 2000). Os conferencistas pressionaram o governo do presidente Thabo Mbeki a dedicar mais recursos econômicos e humanos ao combate da pandemia.A Ásia recebeu a Conferência Internacional sobre a Aids em duas ocasiões. A primeira foi em Yokohama (Japão, 1994), e a segunda em Bangcoc (Tailândia, 2004).Nas duas reuniões, como nas anteriores, além da esperança na ainda distante vacina contra o HIV, os participantes concordaram com a necessidade de aumentar os fundos e melhorar o acesso dos doentes aos remédios para combater a doença. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Estado abre inscrições para cadastro de profissionais para atuar na educação profissional
COMÉRCIO
CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015
MS
Pesca na piracema rende multa de R$ 2,5 mil para homens flagrados pela PMA
BRASIL
Ministério aponta mais de 1,8 milhão de inscrições no primeiro dia de Sisu
DOURADOS
Polícia descobre entreposto do tráfico no Piratininga e homem é preso
Agronegócio
O Showtec reunirá as maiores empresas e os lançamentos mais importantes para o Agro nacional
DOURADOS
Produtores rurais exibem vídeos à Força Nacional e relatam clima de guerra
ECONOMIA
Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro
STJ
Negada liberdade a torcedor do Fluminense acusado de agressão que resultou em morte de vascaíno
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Em primeiro ano de mandato, Marçal cria leis de impacto estadual

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
POLÍCIA
Mulheres são presas com malas ‘recheadas’ de maconha no Jardim Santo André
POLÍCIA
Participante de fuga em massa no Paraguai é recapturado em MS