Menu
Busca segunda, 24 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Impossível julgar sanguessugas antes da eleição, diz Izar

01 agosto 2006 - 13h33

Os deputados envolvidos com o esquema das Sanguessugas não serão julgados antes das eleições de outubro. A afirmação foi dada pelo presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PTB-SP). "É impossível que isto aconteça", disse. Izar informou ainda que conversará com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), para tentar mudar a constituição para apressar as votações de cassação no Conselho. A proposta é que o prazo de cinco sessões para apresentação das defesas conte pelas reuniões do Conselho de Ética e não pelas sessões plenárias, como acontece hoje. O intuito é que todos os processos possam ser julgados ainda este ano. A idéia do deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) de julgar os deputados em bloco foi descartada por Izar. "É difícil que isso aconteça, já que cada processo é um caso", afirmou. Izar disse ainda não acreditar que os deputados possam ser absolvidos, assim como aconteceu no caso dos "mensaleiros". "O clima hoje é diferente. A população passou por um processo de indignação", disse Izar.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Gloria Maria passa frio na Noruega e ganha novos memes na internet
ESPORTE
Brasileiros avançam na quinta etapa do Mundial de Surfe
POLÍTICA
Após encarar o Senado, Moro é convidado para falar a deputados federais na terça
POLÍCIA
PMA autua paulista em R$ 6 mil por exploração e armazenamento de madeira ilegal
TRÊS LAGOAS
Reeducandos constroem novo espaço para hospital em MS
NAVIRAÍ
Homem bate na ex-mulher e leva filha de quatro meses para a casa da avó
CORUMBÁ
Jovem é esfaqueada por desconhecida durante festa de arraial
DEPUTADA
Flordelis cita calúnias e defende os filhos após morte de marido
FUTEBOL
Em post, Daniel Alves anuncia despedida do PSG: "Que não sintam falta das minhas loucuras"
POLÍTICA
Reforma da Previdência: discussões seguem em meio a semana de São João

Mais Lidas

CAPITAL
Pai atira no próprio filho por dívida de R$ 2 milhões
POLÍCIA
Homem tem R$ 500 roubados após negar programa a travesti em Dourados
POLÍCIA
Ladrão é preso após esconder TV furtada de restaurante em cemitério
COSTA RICA
Mulher é morta pelo ex-namorado com golpes de canivete no pescoço