Menu
Busca terça, 25 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Hidrovia Paraná/Paraguai será discutida em Buenos Aires

02 dezembro 2003 - 11h11

O superintendente da Administração da Hidrovia do Paraguai (Ahipar), com sede em Corumbá, Fermiano Yarzon, integra a delegação do Ministério dos Transportes na reunião extraordinária do Comitê Intergovernamental da Hidrovia (CIH), nesta quarta-feira, em Buenos Aires (Argentina). O encontro reavaliará projetos para manutenção do trecho entre Corumbá e Assunção (Paraguai).A reunião do CIH também discutirá as intervenções na hidrovia com base na declaração assinada em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), no último dia 15 de novembro, entre os presidentes do Brasil, Argentina, Paraguai, Bolívia e Uruguai. Na declaração, os chefes de Estado se comprometem em executar em 2004 programa de obras para melhoria da navegabilidade na hidrovia.Yarzon informou que a convocação do CIH é extremamente importante para a implementação de uma nova política para fomento do transporte fluvial entre o Brasil e seus parceiros no Mercosul (Mercado Comum do Cone Sul). A Hidrovia Paraguai-Paraná, com 3.442 quilômetros de extensão, entre Cáceres (MT) e Nueva Palmira (Uruguai), é considerada um dos principais corredores comerciais do mundo.“A preocupação do CIH e dos países que integram a hidrovia vem de encontro com a proposta da Ahipar de acelerar o processo de modernização da hidrovia”, disse o superintendente. Segundo ele, além de questões burocráticas pendentes, nas áreas de legislação e navegação, é preciso controle mais efetivo da utilização da via no aspecto ambiental, previsto na declaração de Santa Cruz.A pauta de Buenos Aires tratará do ajuste técnico no projeto que prevê a desobstrução de rochas, em trecho no território paraguaio, e de dragagem de pontos críticos do rio Paraguai, de Corumbá a Assunção. O estudo está sendo elaborado pelo fundo de fomento andino (CAF), com a participação de organizações ambientais não-governamentais, como a coalizão Rios Vivos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é autuado em R$ 73 mil por desmatamento de vegetação nativa
ANAURILÂNDIA
Médicos que faziam dupla jornada deverão devolver R$ 300 mil
CAPITAL
Motociclista de 43 anos morre em hospital depois de sofrer queda
JUSTIÇA
STF decide manter Lula preso enquanto não analisar suspeição de Moro
CAMPO GRANDE
Polícia desmantela laboratório de refino de cocaína e prende três
FLAGRANTE
Jornalista é preso tentando extorquir prefeito para não contar "bomba"
TRT/MS
Tribunal Regional do Trabalho abre inscrições para Programa de Estágio
MS
Traficante é preso com quase 300 kg de maconha em Nova Andradina
ESPORTES
Douradenses se destacam em Brasileiro de Karatê
JUDICIÁRIO
STF rejeita primeiro pedido de liberdade ao ex-presidente Lula

Mais Lidas

POLÍCIA
Gangue invade festa e esfaqueia três adolescentes em Dourados
HOSPITAL DA VIDA
Jovem morre horas após acidente de moto
DOURADOS
Trans e namorado são presos suspeitos de extorquir cliente após programa
DOURADOS
Jovem morre ao bater moto contra carreta parada no Água Boa