Menu
Busca Sábado, 18 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Sertão - Novembro 2017

Grupo Sucolotti teria sonegado R$ 3,2 milhões ao fisco estadual

09 Dezembro 2003 - 16h14

Um rombo de R$ 3,2 milhões nos cofres públicos estaduais seria o saldo deixado pela sonegação do grupo Sucolotti em Campo Grande. O grupo, formada pelos empresários Néri Sucolotti, Néri Sucolotti Júnior, Elton José Cecco e Valtcir Miotto, foi preso hoje pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) depois de ter sido investigada por mais de seis meses. Outro integrante do grupo, Fábio Marcelo Sucolotti, está foragido.Os empresários respondem por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Os crimes envolvem os denunciados e as empresas Ideal Comércio de Derivados de Petróleo Ltda., São Jorge Comércio de Combustíveis e Derivados Ltda. e Agroindustrial São Jorge, todos da família Sucollotti. Eles foram presos em cumprimento a mandados judiciais expedidos pela 3ª Vara Criminal de Campo Grande. Pai e filho foram presos na empresa Iveco, enquanto Miotto e Seco estavam no Posto Ideal quando foram flagrados pelo grupo.Pela investigação, além de desmontar o crime, foi concluído que o grupo ainda usava "laranjas" como sócios-proprietários das empresas junto à Jucems. As empresas em nome dos "laranjas", que em verdade pertencem à família Sucolotti, prestam-se a "legalizar" a sonegação fiscal praticada pela Ideal Comércio de Derviados de Petróleo, bem como à dissimulação da utilização de valores provenientes de sonegação fiscal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Em 40 minutos, chuva quase ultrapassa acumulado em 17 dias
REFORMA
Estudo aponta tendência de precarização do trabalho no Brasil
CAPITAL
Homem é morto a tiros de chumbinho após discussão
BRASILEIRÃO
Série B pode definir campeão neste sábado
CANAÃ I
Empresário é rendido por dupla e tem R$ 18 mil roubados
POLÍCIA
Idoso cai em golpe do falso-frete e é roubado em Dourados
CAMPO GRANDE
Procon autua duas óticas por venda casada de produtos
RIO DE JANEIRO
Picciani, Melo e Albertassi deixam prisão, mas têm bens bloqueados pelo TRF2
SERÁ?
"Viajante do tempo" alerta para invasão alienígena em MS
CONTRABANDO
Carretas são apreendidas com 700 mil maços de cigarros ilegais

Mais Lidas

DESAPARECIDO
Estudante desaparece e deixa família desesperada em Dourados
DOURADOS
Estudante é encontrado pela família após horas desaparecido
DÉFICIT DE R$ 21 MILHÕES
Prefeitura declara “emergência financeira” na Funsaud
TRÁFICO
Traficante zomba da polícia em grupos de WhatsApp e acaba preso