Menu
Busca quarta, 20 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Governo Federal deve perdoar dívida de 200 mil ex-universitários

02 dezembro 2003 - 09h31

O governo deve editar hoje, uma medida provisória perdoando 80% das dívidas de crédito estudantil de ex-universitários formados entre 1975 e 1998. De acordo com Beto Albuquerque (PSB-RS), vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, as contas do governo já não levam em consideração o valor do débito, que gira em torno de R$ 1,5 bilhão. "No Brasil alguém se forma num curso superior e leva até cinco anos para ter um emprego fixo. Sem emprego fixo, quem é que pode pagar um financiamento de mil, dois mil reais? Isso é uma loucura", disse Albuquerque a jornalistas nesta segunda-feira. Como é considerado débito perdido, o impacto fiscal da medida, segundo Albuquerque, é nulo. A idéia é de que a Caixa Econômica Federal (CEF) - banco que concentra os créditos concedidos - ofereça aos ex-universitários um desconto de 80% sobre as dívidas e que os 20% restantes sejam pagos à vista ou em pequenas parcelas. O montante arrecadado com os pagamentos, ainda de acordo com o deputado será de cerca de R$ 300 milhões reais. A medida deve beneficiar cerca de 200 mil ex-universitários de universidades particulares do país. O Programa de Financiamento Estudantil (Fies), criado pelo governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, não faz parte do pacote das dívidas que podem ser renegociadas. O argumento do governo é de que como o programa foi criado há pouco tempo (1998), uma parcela considerável de estudantes que aderiram ao crédito ainda estão cursando a graduação e não podem renegociar uma dívida antes do fim do curso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Câmara aprova novo marco regulatório para transporte de cargas
LEILÃO
Com lances a partir de R$ 10 mil, governo leiloa oito terrenos amanhã
REDE ABEVÊ
Veja vídeo da entrega do carro 0km para ganhadora de promoção
INTERNACIONAL
Trump assina ordem para suspender separação de famílias de imigrantes
DOURADOS
UFGD seleciona empreendimentos para Incubadora de Tecnologias Sociais e Solidárias
INFARTO
Morre José Marques de Melo, um dos principais teóricos da Comunicação no Brasil
ECONOMIA
Preço do leite em MS deve subir 7,7% em junho
ECONOMIA
Dólar fecha em alta, de olho no exterior e à espera de decisão do Copom
BRASIL
STF valida delações premiadas negociadas pela Polícia Federal
ORDEM DO DIA
Aprovada atualização de lei sobre devolução de troco em espécie

Mais Lidas

COMPLICAÇÃO APÓS CIRURGIA
Juiz aposentado e ex-diretor da Agepen, Ailton Stropa, morre em São Paulo
RESERVA INDÍGENA
Homem é flagrado nu sobre menina de 7 anos em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa por tentativa de homicídio contra vendedor de espetinhos
DEFRON
Traficante condenado a mais de 12 anos é preso em Dourados