Menu
Busca Sábado, 18 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221

Governo de MS investiu R$ 8,5 mi na agricultura familiar

12 Dezembro 2003 - 08h18

O Governo Popular, através da SDA (Secretaria de Estado Desenvolvimento Agrário), investiu aproximadamente R$ 8,5 milhões nos quatro programas prioritários para o desenvolvimento da agricultura familiar no Estado: MS Solidário, Terra Nova, Tupã I e Prove-Pantanal (Programa de Verticalização da Pequena Produção Agropecuária). O balanço com as ações efetuadas durante todo o ano pela equipe da SDA foi apresentado hoje pela manhã pelo secretário de Desenvolvimento Agrário, Valteci Ribeiro de Castro Júnior (Mineiro) ao governador Zeca do PT. A reunião faz parte das audiências individuais que o governador está realizando com os secretários de Estado desde a semana passada.Segundo Valteci Ribeiro, os avanços nas ações apontadas como prioritárias para 2003 foram grandes e refletem no desenvolvimento econômico do Estado. “Estamos levando cidadania para o campo e dando condições para que os pequenos produtores tenham crescimento nas produções”, afirmou. Para o próximo ano, as prioridades devem continuar com programas que invistam no saneamento nos assentamentos rurais; lançamento de programa para recuperação de solo; estruturar a política para a agricultura familiar leiteira, além da continuação do processo de facilitação do acesso dos agricultores ao créditos.O primeiro programa apresentado ao governador foi o MS Solidário, que visa o fortalecimento da agricultura familiar, recebeu investimento de R$ 1,7 milhões e beneficiou 6.8 mil famílias em 31 municípios do Estado. O Terra Nova, responsável pela regularização de terras e infra-estrutura nos assentamentos recebeu recursos da ordem de R$ 2,3 milhões, atingindo 2.270 famílias em 18 municípios.Destinado ao atendimento de comunidades negras e indígenas, o Tupã I proporcionou a aquisição de insumos, ferramentas, implantação de infra-estrutura para produção em pomares, hortas, piscicultura e avicultura para 9,7 mil famílias em 39 municípios, com investimento de R$ 2 milhões. O Prove, que visa a comercialização e agregação de valor aos produtos da agricultura familiar obteve recursos de R$ 2,5 milhões que resultaram na criação de 176 agroindústrias (169 individuais e 7 coletivas) e beneficiou 236 famílias em 37 municípios.Projetos Especiais - Foram apresentados também os projetos especiais desenvolvidos pela SDA, como a trabalhada no assentamento Itamarati, que entre assistência técnica, energia elétrica e irrigação recebeu R$ 704.388,79 em investimentos para as 1.143 famílias. O projeto de Irrigação para os assentamentos do Estado atendeu 224 famílias com recursos de R$ 1.055.000,00. Para o próximo ano, a irrigação deve chegar a assentamentos em municípios como Corumbá e Fátima do Sul, segundo informou Valteci Ribeiro.O Parque do Produtor, projeto em andamento que envolve, além da SDA, a Seinfra e a Seprotur, está em fase de elaboração do projeto arquitetônico e da viabilidade econômica e de gestão. A previsão de investimento no parque é de R$ 4 milhões. Os financiamentos para a safra 2003/2004, que são a principal ação da SDA para o desenvolvimento rural em Mato Grosso do Sul, alcançaram até agora 7.083 contratos com agricultores familiares, somando valor contratado de R$ 50.244.975,00 correspondendo ao período de julho a novembro de 2003.No mesmo período do ano passado, os contratos para financiamento de pequenos produtores rurais foi de R$ 13,1 milhão. A previsão do governo é que até junho de 2004 sejam feitos 13 mil contratos no Estado. Segundo o secretário de Desenvolvimento Rural, Mato Grosso do Sul é o sétimo estado em aplicação dos recursos do Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar), que está dividido em projetos de Capacitação (R$ 655 mil investidos em cursos para 4.517 agricultores); Crédito (foram comercializados 3,7 mil toneladas de feijão, milho e melancia que beneficiaram 1.368 famílias) e Infra-Estrutura (R$ 942 mil nas regiões do Conesul e Grande Dourados).A equipe da SDA ainda apresentou o trabalho feito em programas como Mediação para a Paz no Campo; Assistência Técnica e Extensão Rural (27.417 famílias atendidas em todos os municípios do Estado) e Pesquisa.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Em 40 minutos, chuva quase ultrapassa acumulado em 17 dias
REFORMA
Estudo aponta tendência de precarização do trabalho no Brasil
CAPITAL
Homem é morto a tiros de chumbinho após discussão
BRASILEIRÃO
Série B pode definir campeão neste sábado
CANAÃ I
Empresário é rendido por dupla e tem R$ 18 mil roubados
POLÍCIA
Idoso cai em golpe do falso-frete e é roubado em Dourados
CAMPO GRANDE
Procon autua duas óticas por venda casada de produtos
RIO DE JANEIRO
Picciani, Melo e Albertassi deixam prisão, mas têm bens bloqueados pelo TRF2
SERÁ?
"Viajante do tempo" alerta para invasão alienígena em MS
CONTRABANDO
Carretas são apreendidas com 700 mil maços de cigarros ilegais

Mais Lidas

DESAPARECIDO
Estudante desaparece e deixa família desesperada em Dourados
DOURADOS
Estudante é encontrado pela família após horas desaparecido
DÉFICIT DE R$ 21 MILHÕES
Prefeitura declara “emergência financeira” na Funsaud
TRÁFICO
Traficante zomba da polícia em grupos de WhatsApp e acaba preso