Menu
Busca quarta, 22 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Geraldo quer voto aberto contra sanguessugas

15 agosto 2006 - 09h48

O deputado federal Geraldo Resende (PPS) defende que as análises dos processos que serão instaurados para eventual cassação dos deputados envolvidos no escândalo das sanguessugas sejam feitas por meio de voto aberto. Para tanto, o parlamentar vai cobrar, na reunião da Mesa Diretora desta terça-feira, que o presidente Aldo Rebelo coloque em votação o mais rápido possível a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 349/01, que acaba com o voto secreto de parlamentares na Câmara e no Senado.Geraldo Resende é um dos integrantes da Frente Parlamentar pelo Voto Aberto, formada como reação à crise desencadeada após as sucessivas absolvições no plenário de parlamentares acusados de envolvimento com o esquema do "mensalão".Para Geraldo “é direito do eleitor saber como vota seu deputado". Segundo ele, “se o voto aberto já estivesse instituído, com certeza o plenário teria dado uma resposta positiva ao clamor da população e não teria absolvido os deputados mensaleiros”. O deputado lembra que o seu partido, o PPS, votou por unanimidade a favor da cassação dos deputados denunciados pelo Conselho de Ética da Câmara.O deputado também apóia a proposta de Rebelo, que quer mudar os prazos de defesa para deputados processados por quebra de decoro parlamentar no episódio da máfia das sanguessugas. Ele propõe alterar o Regimento Interno para que o prazo para defesa na Corregedoria-Geral seja de cinco dias úteis em vez de cinco sessões do Plenário, como é hoje.Geraldo diz que é a favor da agilização dos processos, a fim de evitar que o período eleitoral atrapalhe a realização de sessões na Câmara, por falta de quorum. Se a proposta for aprovada, o prazo de defesa dos acusados passará a ser contado a partir de amanhã.“Não é preciso esperar a nova legislatura para aprovar essa proposta. Aliás, é importante que ela já esteja valendo quando formos votar os processos de cassação dos parlamentares envolvidos com o escândalo das sanguessugas”, afirma o deputado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Nigeriano é preso em ônibus após engolir 45 cápsulas de cocaína
DOURADOS
Guarda Municipal prende autor de homicídio na Vila Rosa
RECORDE
Produção de petróleo do Brasil atinge 1 bilhão de barris pela 1ª vez
MIRANDA
Motoristas são presos na BR-262 com carretas roubadas em São Paulo
PRAZO
Últimos dias para pequenos negócios quitarem dívidas com o Simples
CAMPO GRANDE
Jordaniano é encontrado com chave de fenda cravada ao peito em hotel
SAÚDE
Anvisa decide simplificar acesso a medicamentos de canabidiol
ESPORTES
Com vistorias concluídas, abertura do Morenão será decidida até sexta
POLÍCIA
Policial militar e colega são presos com eletrônicos contrabandeados
DOURADOS
Prefeitura promove mutirão de limpeza e serviços no Jardim Canaã 3

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
POLÍCIA
Mulheres são presas com malas ‘recheadas’ de maconha no Jardim Santo André
POLÍCIA
Participante de fuga em massa no Paraguai é recapturado em MS