Menu
Busca terça, 18 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Fundação de Trabalho cadastra pescadores em Fátima do Sul

23 dezembro 2003 - 16h59

Obedecendo à determinação da Lei 10.779, publicada no dia 26 de novembro de 2003 no Diário Oficial da União, que reduziu de três para um ano o tempo mínimo de registro na Delegacia Federal de Agricultura (DFA) para requisição do seguro-desemprego durante o período de defeso da piracema, a Fundação de Trabalho e Economia Solidária (Funtrab) realiza hoje (23) o cadastro de pescadores artesanais da colônia de Fátima do Sul. Conforme a portaria 60 do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), que proíbe a pesca de espécies em épocas de reprodução, fica estabelecido o período de 01 de novembro de 2003 a 29 de fevereiro de 2004 para o defeso na bacia do rio Paraná. O atendimento no município de Fátima do Sul será realizado até as 17h de hoje, na Rua Campo Grande, 812 - Centro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Adolescente volta a ser apreendido por tráfico em Dourados
RODA DE CONVERSA
Encontro reúne pessoas com ideias inovadoras hoje em Dourados
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 125 milhões amanhã
ECONOMIA
Exportações industriais de MS ultrapassam US$ 1,5 bilhão em cinco meses
COPA AMÉRICA
Brasil encara Venezuela por vaga nas quartas de final
INFLUENZA
Com 22 mortes no ano, Saúde alerta população sobre a gripe
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
POLÍCIA
Ex-presidente da UEFA Michel Platini é detido na França por corrupção
SHOWBIZZ
Piovani quis se separar de Scooby para ficar com ator, diz colunista
EDUCAÇÃO
ProUni deve divulgar hoje resultado de primeira chamada

Mais Lidas

AQUIDAUANA
Douradense desaparece nas águas do rio Aquidauana durante banho
PARAGUAI
Motim termina com 10 mortos e presos queimados e decapitados
MASSACRE EM SAN PEDRO
Ministro paraguaio promete expulsar membros do PCC após motim com 10 mortos
PONTA PORÃ
Mulher grávida é assassinada com 4 tiros na região de fronteira