Menu
Busca domingo, 22 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Final do Mundial sub-20 opõe técnicos que admiram rivais

18 dezembro 2003 - 12h13

A final do Campeonato Mundial sub-20, nesta sexta-feira, às 14h45, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, entre Brasil e Espanha, opõe dois técnicos que têm identificação com o país adversário.No comando da seleção brasileira, está Marcos Paquetá, que é descendente de espanhóis, enquanto o treinador da equipe espanhola, José Armando Ufarte, viveu 11 anos no Brasil e é casado com uma brasileira."Gosto do futebol espanhol. Minha família é toda de origem espanhola, de Sevilha. Meu pai nasceu no Brasil, mas meus avós e tios nasceram lá", disse Paquetá, que busca o segundo título neste ano.Em agosto, ele levou o Brasil ao título do Mundial sub-17, na Finlândia, ao ganhar justamente da Espanha (1 a 0), na decisão. Paquetá pode ser o primeiro técnico a vencer duas competições da Fifa no mesmo ano.O técnico espanhol também tem identicação com seu rival desta sexta-feira. Em 1953, seus pais vieram morar no Rio de Janeiro. Na época, Ufarte tinha 12 anos e permaneceu no país por 11 anos, tendo, inclusive, jogado pelo Flamengo e Corinthians (uma temporada).Em 1964, Ufarte foi campeão Carioca pelo Flamengo, mas, em seguida, acabou contratado pelo Atlético de Madrid. No seu país de origem, ganhou três Nacionais e duas Copas do Rei, todos pelo time madrileno."Tenho grandes recordações do Brasil. Fui campeão com o Flamengo. Tenho muitos amigos e sou casado com uma brasileira", disse Ufarte, que jogava de ponta-direita e encerrou a carreira no Racing Santander.O técnico espanhol chegou a disputar uma partida pela seleção carioca. "Joguei apenas uma vez, pois a concorrência era grande", disse Ufarte, ao recordar que atuava na mesma posição de Garrincha."Na época, na seleção do Rio, estava Garrincha, o melhor jogador do mundo", afirmou Ufarte, que considera o ex-atacante brasileiro o melhor jogador da história das Copas do Mundo.Ele, no entanto, nunca pensou em jogar pela seleção brasileira. "Meus pais queriam voltar à Espanha, e eu queria jogar pela seleção do meu país", afirmou Ufarte, que atuou 17 vezes pela seleção espanhola.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMAMBAI
Bebê de 1 ano e 9 meses morre afogado em açude de chácara
BLOCOS
Temer vai ao México para reunião de Mercosul e Aliança do Pacífico
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados autua pecuarista em R$ 57 mil por desmatamento
EMPREGO
10 órgãos abrem inscrições para quase 600 vagas na segunda-feira
CAMPO GRANDE
Mulher fica gravemente ferida após ser lançada contra arame farpado
AMPLAVISÃO 1315
Nas pontes de Roma a lembrança de André
DOURADOS
Poste derrubado após roubo de veículos continua caído na Marcelino Pires
TRADIÇÃO CATÓLICA
27ª Festa a São Cristóvão leva caminhões às ruas de Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS encerra nesta segunda inscrições para transferências
FÓRMULA 1
Hamilton vence após Vettel parar no muro no GP da Alemanha

Mais Lidas

ÁGUA BOA
Ferido com tiro durante comemorações na Copa é preso com drogas em Dourados
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado