Menu
Busca quinta, 19 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Fim da COSIP será votada segunda-feira dia 22

19 dezembro 2003 - 14h02

No último dia 17, o presidente da Câmara de Vereadores  José Carlos Cimatti (PFL) se comprometeu com OAB - Ordem dos Advogados do Brasil 4ª Subseção Dourados/MS, em colocar na pauta da sessão extraordinária de segunda feira dia 22 de dezembro o projeto de lei de iniciativa popular que pede o fim da cobrança da taxa de iluminação pública em Dourados.   Segundo Jovino Balardi esse projeto se justifica pelas flagrantes inconstitucionalidades existentes nas leis complementares nº 061/2002 e 066/2003, que criaram a COSIP. O inédito projeto, tramita na Câmara Municipal, a quem foi confiado um belo trabalho de iniciativa popular e da qual se espera a responsabilidade e o respeito para com os reclamos democráticos do povo douradense. Pois, o mesmo foi protocolado no  Legislativo douradense acompanhado com pelo menos 6.400 assinaturas, com números de Títulos Eleitorais, Zona e Seção da cada eleitor. O presidente da OAB lamenta que o dinheiro arrecadado pela COSIP, ao invés de ser utilizado para iluminar os bairros da cidade, a Prefeitura está pagando contas de energia elétrica dos prédios públicos.Além do vereador Cimatti participaram da reunião vereador Akira Oshiro (PPS), Bela Barros (PDT), Nelso Gabiatti (PBDB) e Walter Hora (PPS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Paciente ganha direito de fazer exame para tratamento de câncer
ITAPORÃ
Ciclista atropelado na MS-156 era morador em Dourados
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta a encostar em R$ 3,40
O dólar fechou em alta nesta quinta-feira (19), voltando a se aproximar de R$ 3,40, após cair por três dias consecutivos. O dia foi marcado pela agenda esvaziada, o que jogou a atenção dos investidores para a cena política local.
TRÁFICO DE DROGAS
Acampamento ‘distribuidor’ de droga é destruído na fronteira
CAMPO GRANDE
Feto abandonado em quintal de residência é alvo de investigação da polícia
CARGA TRIBUTÁRIA
Simplificação do PIS/Cofins deve ir ao Congresso em maio, diz ministro
FACILIDADE
Banco Central estuda criar sistema de pagamento instantâneo
BARBÁRIE
Tio e sobrinhos são condenados em mais de 55 anos de prisão por matar homem a pedradas
LEVANTAMENTO
Câncer é a principal causa de morte em dois municípios de MS
RECURSO NEGADO
STF nega recurso de Maluf para recorrer de condenação em liberdade

Mais Lidas

ITAPORÃ
Mortos em troca de tiros após assalto eram de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Em comunicado, PCC convoca integrantes para “alerta geral”
TENSÃO EM MS
Presos tentam impedir pente-fino na PED, mas agentes fazem ‘limpa’
DOURADOS
Após invadir Ceim, dupla ameaça vigia de morte e rouba equipamentos