Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Fichamento de cidadões norte-americanos continua

13 janeiro 2004 - 11h28

A Polícia Federal do Rio de Janeiro informou que continua o "fichamento" dos cidadãos americanos que desembarcam no aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim.Nesta segunda-feira (12) a Prefeitura do Rio obteve uma liminar suspendendo o "fichamento" obrigatório dos turistas norte-americanos, mas a decisão não teve validade devido a uma decisão do governo federal, publicada no "Diário Oficial" da União. O governo argumentou que a liminar não proibiu o "fichamento" no Rio, mas apenas desobrigou a Polícia Federal de realizá-lo.A portaria foi publicada na tarde de ontem no "Diário Oficial" da União, em edição extra. A medida também exigiu a criação de um grupo de trabalho para analisar o tratamento de turistas e estrangeiros pelos próximos 30 dias. Durante esse período, diz a norma, será mantido o "fichamento".

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÃO GABRIEL
Menino de 5 anos é internado em estado grave após ser atropelado
SAÚDE
Trote solidário: UEMS incentiva doação de sangue e cadastro de medula óssea
CAPITAL
Garçom lambe orelha de cliente em bar e é denunciado à polícia
SAÚDE
Disseminação de fake news sobre coronavírus preocupa especialistas
LÉO VERAS
Suspeito nega execução de jornalista e teme queima de arquivo
ESPORTE
GP Rochedo de Ciclismo abre inscrições para prova dia 15 de março
SÃO GABRIEL
Peão morre atingido por hélice ao consertar maquinário em fazenda
SANEAMENTO
Sanesul executa obras de esgotamento sanitário em Antônio João
TRÊS LAGOAS
Motorista fica preso nas ferragens após colisão entre caminhões na BR-262
MEIO AMBIENTE
Bachelet critica 'retrocessos significativos' na política ambiental no Brasil

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira