Menu
Busca domingo, 23 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Festival de Cinema da Capital começa no dia 8 de janeiro

30 dezembro 2003 - 11h54

A partir de 8 de janeiro de 2004, Campo Grande vai entrar no circuito das cidades mais importantes do Brasil para o cinema. O 1º Festival de Cinema de Campo Grande, que acontece entre 8 de janeiro e 9 de fevereiro, vai trazer a Mato Grosso do Sul o que há de melhor e mais representativo da sétima arte.Serão exibidos 33 filmes, entre curtas e longas-metragens nacionais e internacionais. Artistas, cineastas, diretores, produtores culturais, diretores e roteiristas, entre outros, vão estar em Campo Grande assistindo às exibições e discutindo com o público a produção cinematográfica regional, nacional e internacional. O festival é patrocinado pela Caixa Econômica Federal e tem apoio cultural do governo do Estado.“Vamos oferecer excelente festival e aproveitar a nossa posição geográfica privilegiada para que este evento se torne, nos próximos anos, um grande festival latino-americano de cinema”, explica Nilson Rodrigues, diretor do 1º Festival de Cinema de Campo Grande. Os filmes serão exibidos no CineCultura. São 20 curtas-metragens nacionais, cinco longas nacionais e oito longas estrangeiros. A programação completa do festival será apresentada à imprensa, críticos de arte, produtores culturais e profissionais ligados às artes visuais no dia 27 de dezembro. “Todos os filmes selecionados para o 1º Festival de Cinema de Campo Grande foram premiados em festivais que são referência para o cinema, como os de Brasília, Rio de Janeiro, Gramado, Miami, Berlim e Canes, entre vários outros”, revela Nilson Rodrigues. O festival vai trazer ainda a possibilidade de o público se reunir com cineastas consagrados para discutir vários temas. Um dos debates terá como tema “O cinema em sua dimensão cultural e industrial”. Estarão em Campo Grande, entre outros, palestrantes como Sérgio Sanz, diretor do Departamento de Cinema do Ministério da Cultura, Orlando Sena, da Secretaria Nacional para o Desenvolvimento do Áudiovisual e Joel Pizinni cineasta sul-mato-grossense.O festival de cinema em Campo Grande vai premiar também dois curtas-metragens nacionais, selecionados por dois júris, um popular, formado pelas pessoas que assistirem aos filmes, e outro o júri oficial. Neste participam Fernando Camargo, representando a Caixa Econômica Federal, a jornalista Tereza Hilcar, o cineasta Cândido Alberto da Fonseca, o jornalista e crítico de arte Oscar Rocha e o escritor e cinéfilo Hermano Melo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo facilitará exportações de produtos voltados à Defesa
BRASIL
Síndrome metabólica em adolescentes é tema de pesquisa da Capes
DOURADOS
Campanha sobre tuberculose e hanseníase será realizada em março
POLÍCIA
DOF flagra cinco com 400 quilos de contrabando em Dourados
BRASIL
Trabalho infantil aumenta 38% durante o carnaval; saiba como denunciar
STF
Liminar garante ao RS fixar contribuição previdenciária de militares sem sanções por parte da União
DOURADOS
Com ponto facultativo, sessão da Câmara foi antecipada
MS
Um dos pilares da ressocialização, a religião promove ambiente de fé em presídios
ESTADO
Judiciário de MS retomará expediente na quinta-feira
MUNDO
Cientistas descartam que novo vírus tenha origem em mercado em Wuhan

Mais Lidas

WEIMAR TORRES
Mulher morre após bater em carro que roletou avenida
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
FÁTIMA DO SUL
Polícia prende homem que matou namorada a marteladas
FRONTEIRA
Suspeitos de matar jornalista são presos em operação